Lovelyz desperta interesse do produtor americano Brent Fischer

Lovelyz, o grupo feminino rookie da Woollim Entertainment, recebeu uma proposta do famoso produtor Brent Fischer para estrear no mercado americano!

A empresa das garotas comentou, “O produtor Brent Fischer contatou o Lovelyz através de Yoon Sang, expressando seu desejo de ajudar o grupo a estrear na América.

Fischer é um grande produtor e maestro que já ganhou dois prêmios no Grammy. Ele compôs e arranjou músicas de vários artistas reconhecidos, incluindo Prince, Michael Jackson, Vanessa Williams, Toni Braxton, Usher, Eric Benet, dentre outros.

Foi dito que o produtor se surpreendeu com a engenhosidade da música “Destiny” lançada recentemente, confira ela aqui, e com os excelentes vocais das garotas.

Com o apoio de Fischer, o grupo disse ter ganhado força e estar considerando a possibilidade de estrear na América com entusiasmo.

E vocês, o que acharam da novidade?

 

Fonte: Allkpop, Soompi

Sobre Ingryd

Estudante de Design Gráfico, blackjack com uma certa paixão pelos frutos da YG, entusiasta do indie e hip-hop coreanos e certa de que sua alma gêmea se chama Nell.

There are 7 comments

  1. Carol B.

    WOW que bom para as meninas, parabéns para elas e espero que elas aceitem sim, já que ele é um grande produtor pode ajudar muito elas a ingressar no mercado americano.

  2. DMEDEIROS

    Que incrível, mas é algo que elas precisam considerar muito, a pronuncia no inglês principalmente, o estilo delas sempre foi mt marcante, n pelos conceitos e tal… mas sim por elas msm, sempre curti demais, de qualquer forma, só o fato delas terem ganhado esse reconhecimento já é um UP a mais na carreira delas, fico muito feliz pelas meninas !!!

  3. Tio Sam

    Não sei não, outro flop na América? Ninguém no mundo do kpop nunca dá certo lá… Pra mim se for pra ser será, faz sucesso no mundo todo. PSY não tentou estrear na América com Gangnam Style e simplesmente aconteceu.
    Duas coisas que eu não gosto no mundo do Kpop: Debut nos EUA e sub-units.

  4. Ana

    Bom, ninguém disse que elas estrearão na América, foi apenas um contato de um produtor já que elas ganharam destaque pelo cover do Michael Jackson, não tirem conclusões precipitadas. Só esse reconhecimento já foi muito bom.

    1. Victor_fx

      Como assim? qual a parte você não entendeu? “proposta…para estrear no mercado americano!”
      “desejo de ajudar o grupo a estrear na América.” “Foi dito que o produtor se surpreendeu com a engenhosidade da música “Destiny” lançada recentemente,”
      Claro que ninguém disse que vai ser agora mas sim futuramente se elas quiserem, eu também espero que elas não façam isso porque são ainda um grupo que ainda não tem uma grande carreira e feitos mas seria bom se elas trabalhassem com ele para seus futuros lançamentos na Coreia.

Poste o seu comentário