A história do trainee mais rebelde da SM Entertainment, que hoje é um ídolo super conhecido

Este trainee poderia ter sido expulso da SM por sua teimosia, mas não foi, pois atraía muitos olhares pela sua beleza.

Em meados dos anos 2000, a SM Entertainment estava planejando produzir uma banda de rock. Havia um trainee que amava o rock, e era cotado para ser o vocalista principal dessa banda. A SM Entertainment queria que ele cantasse metal alternativo, semelhante ao da banda americana Linkin Park. No entanto, este trainee disse que preferia hard rock e desafiou a SM, apenas cantando o que ele queria.

SM disse-lhe para escrever uma carta de desculpas devido ao seu contínuo desacato, mas ele foi rude mesmo nessa carta.

Ele escreveu:

“Eu não sei o que eu fiz de errado, mas eu estou escrevendo isso porque vocês me disseram que eu devia [fazer isso]”

Ele facilmente poderia ter sido chutado da SM, uma vez que tinham mais de 100 trainees naquela época, mas eles o mantiveram por causa de sua indiscutível beleza.

Como punição, ele foi removido da banda e voltou para casa por causa da raiva. Ele foi encontrado em um clube por dois de seus amigos, que o convenceram a retornar à agência. Lee SooMan disse-lhe para se tornar um ator, então ele apareceu em seu primeiro dorama antes de sua estreia como um ídolo. Mesmo que ele fosse contra cantar qualquer coisa que não fosse hard rock, ele foi influenciado por ouvir música do estilo dance em clubes e, eventualmente, concordou em estrear em um novo grupo de ídolos.

Esse grupo de ídolos era o Super Junior, e o lendário trainee era o HeeChul. A banda que HeeChul deixou foi TRAX, e os dois amigos que o convenceram a retornar à SM Entertainment foram JungMo, do TRAX, e YunHo, do TVXQ.

Fonte: koreaboo

Sobre Cândida

Amante de k-pop, principalmente NU'EST, EXO e WANNA.B - vou pra Coreia do Sul na primeira oportunidade que aparecer.

There are 12 comments

Poste o seu comentário