My Love From The Stars

mlfts4

My Love From The Stars conta a história de Do Min Joo (Kim Soo Hyun) um alienígena que caiu na Terra há 400 anos, na Dinastia Joseon. Dotado de super poderes como audição aguçada, super velocidade, teletransporte e capacidade de parar o tempo por alguns minutos, Min Joo não envelhece e é obrigado a viver na Terra até que possa retornar a seu planeta.

Nos dias atuais, Min Joo se recusa a se relacionar com os humanos ou de usar os seus poderes para ajudar os outros, vivendo uma vida isolada. Ele descobre, então, que poderá retornar para seu planeta dentro de três meses devido a um cometa que passará pela Terra e mais, se ele permanecer na Terra por mais tempo poderá morrer.

Mas seus planos de ir embora se tornam cada vez mais difíceis quando ele se apaixona por sua nova vizinha Cheon Song Yi (Gianna Jun), que se parece muito com uma menina que ele se apaixonou quando caiu na Terra e que morrera para salvar sua vida. Song Yi é a atriz e modelo mais popular da Coreia, e como entrou na carreira cedo, nunca teve uma vida normal e sempre tinha alguém para fazer coisas para ela. Apesar de não ter uma boa atuação e ser tachada de burra algumas vezes, não se intimava ao falar que era a mulher mais bonita da Coreia e que podia conquistar o homem que quisesse. Era uma personagem muito divertida, do tipo que não vemos se fazer de vitima ou de coitada.

mlfts2 mlfts3

Min Joo e Song Yi, como todo casal de drama, se odeiam no início, mas acabam se aproximando e desenvolvendo sentimentos que mudam a opinião de Min Joo sobre os humanos e fazem Song Yi amadurecer como pessoa.

A aparência e personalidade meiga de Yoo Se Mi (Yoo In Na) escondem sua inveja e ódio por Song Yi, sua melhor amiga. Longe de ser uma vilã, Se Mi sempre era ofuscada pela amiga, e aproveita a crise na carreira de Song Yi para alavancar a sua. Se Mi era apaixonada por Lee Hee Kyung (Park Hae Jin), herdeiro de uma grande companhia e apaixonado por Song Yi há muitos anos, mas esta só o rejeitava.

Yoo Se Mi (e sua expressão em 90% do drama)

Yoo Se Mi (e sua expressão em 90% do drama)

O vilão do drama foi construído de uma forma bem teatral, talvez na finalidade de criar um aqui inimigo para Min Joo. Este é Lee Jae Kyung (Shin Sung Rok), irmão de Hee Kyung. Persuasivo e com recursos quase ilimitados, Jae Kyung estava sempre disposto a liquidar qualquer pessoa que estive no seu caminho; e acaba que Song Yi se torna uma dessas pessoas.

Nesse contexto, Jae Kyung tenta fazer mal a Song Yi várias vezes, mas Min Joo sempre aparece para salvá-la na última hora. Essa fórmula de herói salvando a mocinha indefesa das garras do vilão acaba se repetindo algumas vezes no drama que ficou meio repetitivo e forçado nessas horas.

mlfts5

Acredito que a maioria discordará de mim, mas Song Yi e Min Joo não me convenceram como casal. Não me entendam mal, eu gostei deles juntos, mas me contentaria com um final onde eles ficassem ou não juntos. Isso porque somos sufocados com cenas heroicas e diálogos poéticos que provam todo o amor que um sente pelo outro. Mas, para mim, exagerou-se na dose criando algumas situações meio forçadas. Outros momentos cotidianos do casal, mais reais, me pareceram bem mais sinceros e aceitáveis.

Uma das maiores surpresas foi o Hee Kyung, que eu jurei que ia terminar o drama sendo um personagem insignificante e morrer na friendzone da Song Yi. Se tratando dos personagens secundários, enquanto a participação de Se Mi foi exatamente aquilo que se esperava dela, Hee Kyung teve um papel bem mais flexível e se mostrou bem mais corajoso e determinado do que se esperava, sendo fundamental para o desfecho e para aliviar o drama da história principal.

mlfts8

Lee Hee Kyung e Lee Jae Kyung

Os episódios finais são do tipo agonizantes, que te dão vontade de pular logo para os últimos minutos para descobrir o que vai ser de Min Joo e Song Yi. Mas talvez por eu não ter me apaixonado pelo casal principal eu preferia um desfecho mais lógico do que um onde a “força do amor” permitisse que Min Joon ficasse na Terra. Apesar de que dramas desse gênero dificilmente tem um final triste, o roteirista soube finalizar o drama bem, revelando apenas no último episódio o destino imprevisível de Son Yi e Min Joo, com justificativas aceitáveis e satisfazendo o desejo do público.

O drama também tem várias cenas de Min Joo no passado ao longo desses quatro séculos em que ele esteve na Terra. Achei que esses cortes foram geniais, pois mostram diversos momentos dele que representam muito do que formou a personalidade e os ideais de Min Joo na atualidade.

Diversas músicas da trilha sonora atingiram boas posições nos charts, como a premiada “My Destiny” interpreta na belíssima voz de Lyn, e tema de Min Joo e Song Yi. Nomes populares também compõem a OST, como Hyorin (Hello), K.Will (Like a Star), Younha (My Love From The Stars), Huh Gak (Tears Like Today) e, obviamente, Kim Soo Hyun (In Front of Your House e Promise). “Hello” e“Like A Star” chegaram ao primeiro lugar do Korea K-Pop Hot 100, e “Hello” também chegou à primeira posição do Gaon Music Chart.

Lyn – My Destiny

Imagem de Amostra do You Tube

O Melhor: Gianna Jun representou magnificamente Cheon Song Yi, que conseguiu roubar todas as atenções e se tornar uma personagem icônica no drama, onde podemos acompanhar a insensível vida de uma das atrizes mais populares e a vulnerabilidade de uma mulher comum descobrindo as premissas do verdadeiro amor numa única personagem.

O Pior: Sendo Song Yi a melhor coisa que eu considerei no drama, a fraqueza da personagem se tornou a pior. Em algumas poucas cenas, exagerou-se na infantilidade e ingenuidade de Song Yi, que pareceu forçar algo que a personagem transparecera tão naturalmente ao longo do drama. Em qualquer outra personagem isso seria irrelevante, mas por ter gostado demais desta, esse ponto me incomodou.

Considerações Finais

Um enredo em torno de um alienígena com super poderes já é suficiente para preencher alguns episódios e prometer um bom drama. Mas My Love From The Stars apresentou também uma protagonista não tão comum que, sem dúvida, foi um excelente diferencial e alavancou MLFTS a um drama acima da média. Uma história original e uma produção técnica impecável que já é comum nos projetos da SBS, são alguns dos motivos que fazem deste um drama de qualidade que justifica o sucesso que teve, e uma super recomendação da pessoa que vos fala.

mlfts6

Curiosidades

Kim Soo Hyun e Gianna Jun já trabalharam juntos no filme The Thieves (filme super recomendado, aliás).

O drama tinha originalmente 20 episódios, mas foi estendido para 21 a pedido do público.

No episódio 17 a cantora e atriz Suzy Bae, do Miss A, fez uma participação como a personagem que interpretara em Dream High, onde fez par romântico com Kim Soo Hyun, criando um elo entre os dois dramas.

Para filmar os super poderes de Min Joo, principalmente quando ele parava o tempo, a produção utilizou 60 câmeras especiais para pequenos bullet time.  A câmera GoPro foi instalada em 180 graus e “parou” os personagens para fossem filmados de vários ângulos. A cena final é uma montagem de vários pequenos detalhes e, em seguida, aumentada digitalmente. Esta foi a primeira vez que câmeras HD foram utilizadas para produzir uma série de TV na Coreia do Sul. (Fonte)

O livro infantil “The Miraculous Journey of Edward Tulane” de Kate DiCamillo foi citado por Min Joo diversas vezes, se tornando um dos livros mais vendidos nas principais livrarias coreanas por causa disso. (Fonte)

O drama teve um especial de 70 minutos que foi ao ar em 7 de fevereiro de 2014  intitulado You Who Came from the Stars: the Beginning, com um resumo dos episódios 1 ao 15.

Informações Gerais
Título: 별에서온그대 / Byeoleseo On Geudae / My Love From The Stars
Também conhecido como: You Came From the Stars / My Lover From The Stars / You From Another Star / My Love From Another Star / You Who Came From The Stars
Gênero: Romance, comédia, fantasia, melodrama
Episódios: 21
Emissora: SBS
Período de exibição : de Dezembro de 2013 a Fevereiro de 2014

Sobre Camila

Estudante de engenharia que adora escrever, SONE, tenho um grupo cover, e adoro animes. Mas foi pela minha paixão por dramas asiáticos que vim parar aqui :) @milabonadio

There are 10 comments

  1. Sam

    Particularmente eu quando li sobre o que se tratava a história imaginei que fosse um pé no saco, me pareceu muito boba. Mas depois de assistir fiquei muito encantado com a qualidade da produção, pela história. Gostei bastante. Só achei que o final ficou meio arrastado, acredito que o dorama seria perfeito se tivesse somente os 16 episódios, pra cortar a barriga da trama. Mais super recomendado!!

  2. Park Eunji

    Simplesmente me apaixonei pelo dorama, tipo, como assim não tem mais? fiquei muito bolada por ter acabado, tinha que ser eterno … *___*

    1. Gabrielle

      My tire went flat, my aunt gave a few hours notice they were visiting, (did I mention I'm moving and at the end of messy cocnsruttion), spat with husband,oh, and I'm hosting them again tomorrow night on their way back thru…best if I don't even think about sewing…wah wah wah!!

  3. Lizabeth

    Thanks , I have just kouiib been looking for intafmorion about this topic for a long time and yours is the greatest I’ve discovered so far. However, what concerning the bottom line? Are you positive concerning the supply?

Poste o seu comentário