Lançamentos de verão

capa1

Esse verão coreano está INSANO! Sejam grupos com mais tempo e super famosos ou aqueles que estão começando agora, é fato esse período estar trazendo um dos melhores momentos no cenário pop coreano. Mas não vamos nos demorar muito por aqui não, vamos logo analisar algumas músicas!


GOT7 – JUST RIGHT

got7-just-rightÉ ótimo abrir os trabalhos com esses garotos. Just Right, a faixa-título escrita pelo próprio Park Jin Young, surpreende em todos os sentidos: é uma música engraçadinha, com a capacidade de deixar qualquer pessoa de bom humor, o vídeo é colorido, com uma boa história e transmite bem a ótima mensagem da letra: ninguém precisa se encaixar nos moldes tradicionais e inalcançáveis de beleza, todo mundo deveria se aceitar do jeitinho que é.

Percebam que no vídeo a mensagem é transmitida para uma garota nada satisfeita com a aparência. Os meninos a convencem que ela não deveria se preocupar com isso, a menina fica feliz e não muda! Não tira os óculos, não despenteia as tranças, apenas enxuga as lágrimas e demonstra felicidade. E esse é o ponto alto de toda a promoção de Just Right para mim: não existe nada de complexo de Cinderela na história contada no vídeo, ela não se transformou, não precisou se maquiar e ganhar um novo corte de cabelo para ser considerada bonita. Se caso isso tivesse acontecido, a mensagem da música não faria sentido!

Além disso, foi lançada uma campanha nas redes sociais chamada #JustRightSelfieProject. Consistia em fazer uma selfie e postar confessando pelo menos um defeito ou particularidade que cause insegurança na aparência, acompanhada da mensagem “but I know I’m #JustRight”.

A junção de tudo isso foi o sucesso: o vídeo de Just Right alcançou um milhão de visualizações em apenas 13 horas, de modo que eles revelaram não um, mas dois vídeos de prática, como forma de agradecer as/os IGOT7 pelo apoio.

Just Right, o mini-álbum, possui seis músicas com influências de hip-hop, R&B e balada, é coeso e ótimo de escutar várias e várias vezes.


2PM – NO.5

2PM_mhVoltaram melhores que nunca (aliás, não temos do que reclamar de nada dentre os lançamentos de JYPEnt.), utilizando os contos de fadas para provocar as mais diferentes emoções nas/os fãs do grupo com My House. A faixa-título mistura a inocência da jovem que precisa chegar à meia-noite em casa, com a tentação da maçã oferecida por um belo cavalheiro; a garota também se encontra no impasse entre aceitar entrar no carro do príncipe, ou ficar no recinto do monstro. Esse é o vídeo para uma letra provocante, que dentre outras coisas faz o seguinte convite: “está tudo bem, vamos para minha casa, esse é o nosso segredo, te espero lá em dez minutos”.

O álbum conta com a participação ativa dos membros nas letras e produções das músicas, destacando-se Jun.K., que já havia produzido Go Crazy, última música de trabalho deles, e voltou com My House e Not The Only One. Mas também é preciso dizer que Taecyeon, Changsun e Junho contribuíram tanto nas letras, com também nas melodias de NO.5. As músicas fogem do lugar comum e se esbajam no synthy-pop, R&B, hip hop, balanceando bem os sons eletrônicos e os instrumentos muito bem colocados. E para quem gosta daquelas músicas sensuais que só 2PM consegue lançar, recomendo fortemente Red e Wanna Love You Again.


AOA – HEART ATTACK

AOA6A primeira vez que escutei Heart Attack foi quando saiu o vídeo da música e, é, eu odiei. Porque eu não conseguia distinguir as vozes das meninas da base musical e tudo aquilo para mim se tornou um grande barulho sem nenhum sentido. Depois precisei me despir dessa péssima primeira impressão para poder dar uma opinião melhor. Heart Attack, a faixa-título, é grudenta, acaba fazendo qualquer um cantarolar mesmo sem gostar e esse é o objetivo de todo pop music, então tudo certo! Além da versão em coreano, também foram liberadas as versões em japonês e mandarim. AOA começou o plano de conquistar a Ásia e pelo visto elas vão conseguir. Aguardemos os próximos passos dessas garotas!

Das seis músicas apresentadas, quatro foram produzidas por Brave Brothers, incluindo a faixa-título, o que explica a coerência e a disposição inteligente das músicas, conferindo uma boa fluidez ao mini álbum. Gostei de Really Really, que faz as vezes de balada no cd e Chocolate, sexy, explora o falsete das meninas e não tem nada exagerado.


9MUSES – S/S EDITION (Special Summer Album)

9musesExiste um único defeito nesse mini álbum de 9Muses: o tamanho. O Special Summer Edition tem apenas cinco músicas (mais uma faixa instrumental), um pouco mais de quatorze minutos ao total. É introduzido por MUSE, uma espécie de remix de Hurt Locker, para mim não só um dos melhores trabalhos apresentados nesse verão, como também uma das melhores músicas da discografia delas. Nem preciso comentar como todas estão lindas e a sincronia na coreografia é simplesmente perfeita. Os figurinos foram inspirados em modelos de biquínis retrô, mas nas apresentações apareceram também com roupas no tema esporte, destacando os corpos esguios das garotas.

Além de Hurt Locker (viciante e com uma coreografia fantástica), destaco Fancy, me cativou por causa do ótimo rap de Erin e Sungah.


SISTAR – SHAKE IT

sistar1Quando começaram as promoções de Shake It, Soyou disse não ter gostado da música de primeira, mas ela se revelou viciante depois de escutar várias vezes. Eu acho que a coreografia contribui muito para isso (e é quando o pop music se vale do visual para ganhar força): não é complicada, é divertida, se você fizer só vai ficar legal e se fizer em grupo vai dar super certo também. Nenhum grupo sabe promover tão bem no verão como Sistar. Goste ou não da música, elas acertaram mais uma vez e transformaram mais uma faixa-título em música viral.

Costumo gostar apenas das músicas principais de Sistar, mas com esse mini álbum foi diferente. Good Vibe e Go Up acompanham o clima de diversão de Shake It e são ótimas! 애처럼 굴지마 (Don’t be Such a Child) é um R&B mais lentinho, bem no estilo de tantos outros lançados pela Starship Ent. e 나쁜놈 (Bad Guy) é a balada com um rap cheio de emoção (não o de Bora, mas de Mad Clown).


 GIRLS’ GENERATION – PARTY

19340677700_70dd5a8cba_oNão foi exatamente a volta delas, mas uma preparação para o grande retorno com You Think. O que é ótimo: tirando Check e o baixo incrível que introduz Party, não sobra mais nada para defender Girls’ Generation. Foi uma volta aos palcos genérica, sem identidade e esquecível. Claro que isso não é um problema para os/as sones, Party conseguiu all-kill nos charts, ganhou vários prêmios nos programas coreanos, foi assunto mais comentado mundial no twitter, provando o poder de Girls’ Generation em transformar qualquer música em grande sucesso.


Girl’s Day – LOVE

yzKFXWI (1)O álbum marca o aniversário de cinco anos do grupo, então deve ser por isso que o álbum, além de músicas novas, traz outras já conhecidas, como Something, I Miss You, Darling e Hello Bubble. De fato, das treze músicas (mais o instrumental da faixa-título), LOVE possui apenas cinco inéditas.

A primeira é With Me, uma trap music com toque de tango, tem uma abertura épica e vai ser um crime se essa faixa não for trabalhada depois. Ring My Bell se aproxima do country e é a mais fraca de todas, infelizmente escolhida para promover as garotas. Macaroon é retrô, Come Slowly é uma baladinha e Top Girl é eletrodisco. Cada música possui seu charme se analisada separadamente. Juntas elas não formam uma unidade.

Isso deixa a impressão que elas atiraram para todos os lados. De verdade, LOVE não é um álbum propriamente dito, com história, coerência, ou objetivo a ser alcançado, é apenas a junção de várias músicas aleatórias de Girl’s Day.


INFINITE – REALITY

infinite-realityBetting, a primeira música, é instrumental, utiliza-se de orquestra e adianta quanto Bad é épica. É impossível não se arrepiar com essa dobradinha (de longe são as minhas preferidas dentre as sete músicas deste trabalho) e, por consequência, só esperar coisas boas vindo de Reality. O quinto mini álbum do grupo mostra como eles conversam bem com o que está em voga entre os boygroups-sensação do momento. A qualidade do álbum é altíssima, as várias influências (disco music, hip hop, balada) acentuam as várias facetas dos meninos em tão pouco tempo (mais ou menos de vinte e dois minutos ao total).

O vídeo de Bad é bom, mas só as apresentações ao vivo são capazes de demonstrar a explosão da música e encher os olhos com a sincronia perfeita e as emoções passadas pelos meninos de Infinite.


GUHARA – ALOHARA (Can You Feel It?)

Goo-Hara1Sinceramente estava bem ansiosa por esse lançamento, por saber que Hara nem é a vocalista principal de KARA e por também não estar nem perto disso. Quem se envolveu nessa produção foi bem esperto e caprichou nos mínimos detalhes para lançarem-na como solista. A produção de ALOHARA (Can You Feel It?) está impecável, as músicas não exigem muito das habilidades vocais de Hara (ela até arriscou algumas notas altas), das cinco músicas (a sexta é instrumental), três têm participação especial, ou seja, não tinha como dar errado. E na minha concepção não deu!

A faixa-título é Choco Chip Cookie, é uma música mais lentinha, bem diferente dos outros lançamentos de verão, com um vídeo de cores quentes, no qual se exalta bem a beleza de Hara. Mas com certeza se devemos destacar uma música desse mini, deve ser 어때? (What Do You Think?) com participação de Youngji. É um eletropop sensual, com uma batida marcante e uma preparação para o refrão forte e viciante, criando o clímax perfeito. Seria a música a ser promovida, mas dizem os rumores que era sensual demais, tendo que ser trocada.

Destaco também Rainy Day, escrita por Seungyeon, é doce e calma, e finaliza bem o álbum.


SUPER JUNIOR – DEVIL

super-junior-devilSuper Junior largou a caixa da SMEnt., o conceito Sorry, Sorry e mudou para melhor. MAMACITA despertou minha atenção por soar totalmente diferente de tudo que eles já haviam lançado, pelo desapego à imagem de oppas perfeitos e inalcançáveis, lançando um vídeo voltado para o humor e uma sonoridade, no geral, longe do pop chiclete e fácil.

Devil, o álbum especial comemorativo de dez anos do grupo, é mais um degrau acima. As dez faixas se afastaram dos efeitos eletrônicos, exaltaram não só o poder do grupo, como também das subunidades e deixou transparecer melhor o que podemos esperar de Super Junior no futuro, já que Donghae, Zhoumi e Eunhyuk participaram ativamente do trabalho, escrevendo as letras de algumas músicas.

Devil, a faixa-título, é um dance pop com uma guitarra bem marcada. A pitada de humor continua presente, mas acho que eles queriam se apresentar um pouco mais charmosos dessa vez. O único detalhe que me incomoda um pouco é a coreografia, um pouco preguiçosa e não tem um passo marcante como os outros sucessos do grupo têm.

Destaco We Can, interpretada pela subunidade KRY, a balada com um tema de superação e amor, podendo ser interpretada pelo viés romântico, como também para a própria história do SuJu; Don’t Wake Me Up, com letra de Donghae e performada pela subunidade D&E; Forever With You (每天), com letra de Zhoumi destacando a importância dos fãs e o apoio dos membros entre si para tornar esses dez anos de carreira possíveis.


APINK – PINK MEMORY

cover1Apink achou sua fórmula de sucesso e não largou mais. Não vejo muita diferença na estruturação musical de tantas músicas de trabalho do grupo, como My My, No No No, Luv e a nova Remember. Porém, como dizem, não se mexe em time que está ganhando e é isso que vem acontecendo com elas. Apink conquistou um público grande e fiel com esse estilo mais fofo, músicas mais calmas. Então, para quem gosta desse estilo mais doce, rosa/pastel, lento e morno, Pink Memory é uma boa indicação.

Remember tem tudo que os conceitos coreanos de verão pedem: pessoas felizes numa festa do pijama, na praia, na piscina, num barco (exato, tudo isso junto). Contrasta de leve a letra da música, mais saudosista, pedindo para que se esqueça os dias atuais e que se lembre de um passado bom, combinando bem com o nome do álbum.

Meus destaques vão para Perfume, uma grata surpresa, pois incrivelmente as vozes das meninas, mais inclinadas para um timbre infantil, combinaram com a pegada retrô e todo o jogo de metais da música e It’s Amazing, Right, a verdadeira balada do cd e que poderia facilmente ser trilha sonora de qualquer dorama coreano. E tem Flower Petal, que ainda não sei se amo ou odeio, porque parece música de natal, e soa como todas as outras músicas de natal do mundo, mas é a mais diferente do álbum.


STELLAR – VIBRATO

stellar_vibratoCom elas é oito ou oitenta. Ou as pessoas amam, ou odeiam, nunca vi meio termo com Stellar. Passaram de desconhecidas a explosão no kpop com Marionette, aproveitando e explorando ao máximo o conceito sexy. Confesso que eu era do grupo que não gostava delas, me incomodava (ainda incomoda para ser sincera) o uso apelativo dos corpos femininos para fazer barulho no cenário musical. A maioria dos grupos femininos de kpop estão sendo sexualmente explorados pelas empresas para vender música ruim, tornando o discurso de empoderamento feminino pura balela, o que me faz resistente a certas músicas de sucesso.

Porém, depois dessa entrevista super-hiper-mega-master-blaster sincera, foi impossível não me comover e olhar o esforço dessas meninas de outra forma (e sério, já estou super curiosa para saber como vai ser esse documentário sobre elas). No fim das contas, percebi que o erro era meu ao julgá-las em vez de me colocar no lugar delas. São garotas, como a maioria no cenário kpop de hoje, tentando fazer dar certo seu trabalho com as armas que possuem. Explorar o conceito sexy de certa forma passa pelo crivo delas e isso me deixa um pouco menos reticente. Entrei na torcida para que Stellar consiga se firmar no kpop e assim comecem a trabalhar músicas com conceitos mais confortáveis para elas.

Sobre a música: diferente, escutei algumas vezes até ficar completamente viciada.
Sobre o vídeo: já estava gostando desde as prévias! Quando soube que elas iam voltar com um conceito +19, torci o nariz, mas quando vi os vídeos com aquelas insinuações, mostrando tudo sem mostrar nada, achei muito engraçada a histeria de algumas pessoas! Juntando com a letra da música, que também se aproxima do duplo sentido, mas que mantém um romantismo até fofo, considero Vibrato um bom trabalho sim, porém precisa ser olhado com menos preconceito e mais viés artístico.

Porém, se ainda tem alguém incomodado com tanta exposição, elas acabaram de lançar uma versão “pura e fofa”, confiram:

Imagem de Amostra do You Tube


GFRIEND – FLOWER BUD

gfriend-flower-budQuem promove essas garotas é gênio. Elas aparecem praticamente de cara limpa e figurino simples, mas aí apresentam uma coreografia super elaborada e uma música REALMENTE fofa e é impossível deixá-las passar despercebidas. Mas como tudo na vida tem um lado negativo, o crescente de Gfriend também vem atraindo comentários maldosos. Alguns internautas dizem que elas são feias demais, ou sem talento, além de acusarem-nas de plágio.

Me Gustas Tu segue a linha começada por Glass Bead, só que melhor. É incrível perceber com elas cresceram em tão pouco tempo e como elas têm potencial. Essa é a sensação que Flower Bud passa: toda a graciosidade transmitida pelas cinco músicas do mini álbum é o começo bonito e delicado, como um botão de rosa, para uma carreira provavelmente longa e de sucesso que Gfriend com certeza merece.


Analisei as músicas lançadas entre junho e julho e, claro, faltou colocar muita gente aí! Quem você acha que apresentou a melhor música do verão de 2015 no kpop? Quem você acha que faltou aqui? E quem você acha que foi injustiçado nesse review? Chegou a hora de vocês, comentem!!!

Sobre Maíra

Kpopper e dorameira desde 2010. Costumo escutar muitas coisas, então considero que pertenço a vários fandons sem participar de nenhum efetivamente.

There are 53 comments

  1. Kevinn

    De longe o melhor do verão até aqui foi Nine Muses, desde as prévias eu esperei por isso, e quando saiu, fiquei escutando o dia todo, e tenho que escutar pelo menos uma vez ao dia, se não entro em depressão -q
    Stellar também foi uma ahazo a parte, com aquela metalinguagem maravilhosa no MV cheio de duplo sentidos, além de uma musica ótima e viciante.
    Nesse verão os nugus se saíram melhor que o povo do alto escalão, teve até D.HOLIC roubando o single do comeback do EXID de setembro -q
    Agora só espero q Nine Muses volte com outra delicia ainda esse ano, e esperar pelo EXID, que é só o que eu quero esse ano

  2. cyeon

    Esse artigo não deveria estar na tag: opinião?
    Por quê se não é necessário ser imparcial, cara! Tipo…. O retorno de apink foi durante criticado até pelos Pink Pandas por ter sido paradinho e mais frio sendo que no verão se requer algo quente! Então sei lá.
    Meio biased o artigo :/
    Mas tá valendo por fazer relembrar os hits de verão <3

      1. cyeon

        Tem muitos aí que só coincidiram com as datas de outros comebacks de verão.
        TIpo 2PM, Infinite e Super Junir :c
        Achei estranho! Mas tem razão tá com a tag certa… Erro meu.
        <3

    1. cyeon

      E outra vocês poderiam ter citado o X principal do comeback de infinite que foi o fato do teaser e o mv serem em 360°! Esse foi o x da questão nesse comeback porquê a música em si não se difere de nenhuma outra do grupo. Infinite tem a formula mágica que nos Inspirit amamos! Eles conseguem fazer músicas parecidas, mas sempre de qualidade. Então né…
      Outro comeback que até os coreanos não gostaram: o da Hara! Por ter achado que a empresa fez a música e o mv às pressas por não ter detalhado na dança e no potêncial do vocal dela, novamente um comeback morno. Segundo várias opiniões por aí, até dos kamilia.
      2PM-Esse comeback não foi de verão SOS SOS SOS SOS SOS SOS!!!!! O comeback foi um comeback normal foi uma coincidência terem voltando nessa época! Não tem nada de verão no comeback de 2pm! Assim eles sempre voltam no primeiro semestre. Erro fatídico!!!!!
      AOA teve um bom comeback, não foi aquele WOW, mas também não foi uma lástima.
      9muses voltaram com tudo: MAS GENTE ELAS JÁ SÃO MULHERES BEM RESOLVIDAS, ALGUMAS CASADAS E COM PLANOS PRA TER FILHOS E TUDO MAIS A EMPRESA NÃO VAI ENTUPIR ELAS DE COMEBACK E LIVES SENDO QUE A VIDA DELAS É VOLTADA PARA O PESSOAL, COMO ELA SEMPRE FALAM NAS ENTREVISTAS. VOCÊS QUE SÃO FÃS DEVERIAM SE LEMBRAR DISSO.
      Foi um bom comeback, porém estranho para o estilo maduro delas. Escutem no playboy ou figaro… Nesse comeback elas voltaram com um estilo de grupo rookie… Eu estranhei.
      Sistar: PRECISO FALAR? RAINHAS DO COMEBACK DE VERÃO! Não tem mais! Elas manjam muito
      SNSD: Ok amigo, já vimos que você não curte snsd! Ok. notamos! Mas poderia pelo menos ter falado o mesmo tanto de pontos positivos que citou os pontos negativos né cof cof cof.
      Girls Day: Depois daquela polêmica não sei nem o quê falar sobre!

      1. Rena Késsia

        Olha, acho que você está me confundindo. Eu não faço parte do Kpop now e nem postei esse review de verão, só respondi seu comentário porque esse post é um review. Diferente do autor do post, eu curto SNSD. Não sei se você se confundiu aqui na hora de comentar, mas é isso aí ok?

      2. Maíra

        Mas, genten, eu sou menina! =P
        Eu disse q analisei o período de junho e julho, logo ia ter gente que fez comeback no verão, mas não com o tema de verão. E é 2PM, né, impossível não falar!

        Bom, quanto ao que o fandom acha, ou o que a Coreia acha, não reflete necessariamente minha opinião.E bem óbvio que é um texto parcial, todas as colunas do kpopNOW são, algumas mais, outras menos, mas não tem como ser imparcial nesses momentos. É a MINHA análise do tema abordado. Você tem a sua. E assim a vida segue. Tentei extrair o que havia de melhor, ou diferente, em cada um dos analisados, mas se você ler direitinho, vai perceber minhas críticas amenas.

        Eu comecei a acompanhar o kpop justamente por causa das SNSD e por muito tempo só acompanhei elas. Mas acho que os últimos comebacks delas não foram bons. Ser fã não significa gostar de absolutamente tudo, sem restrições. Espero que entenda!

        =*

        1. cyeon

          Então fale comebacks do primeiro semestre <3
          Porquê se não dá impressão errada ao ler.
          Muitos desses comebacks não foram com temas de verão. Tem uma "errata" aí.
          Desculpa pela crítica, mas não achei imparcial, outros colunistas conseguem ser mais imparciais ainda, mas matéria foi realmente boa porquê você pelo menos se deu o trabalho de ouvir as músicas do álbum <3 E usar artigo no masculino também se refere a pessoa no femininos já que pode significar dúvida dentre o sexo ^^
          Alguns comentários fora: Achei isso porquê achei, foi fraco porquê sim, foi assado porquê essa é a minha opinião e bem não é isso que a gente espera, esperamos algo mais explicado do tipo: Comeback de gg foi genérico porquê não utilizou de uma dança marcante como o de costume ou a essência de cada uma das meninas no comeback na dança e no vocal.
          Você não falou sobre a melhor divisão de linhas e tals, então pareceu opinião de hater ou falácia o seu achar ficou sem um porquê.
          Maaaaasss eu amei porquê é a primeira vez que vejo alguém ouvindo um álbum inteiro <3
          Desculpe se pareci rude.

          1. Maíra

            Se fosse para dar um título ao pé da letra seria: “Retornos e Estreias do período de junho e julho”. Mas é grande demais, então como a maioria era de verão, entraram uns que não tinham o tema verão. Enfim…

            Eu acho que não fui imparcial ao ponto de “não gostei porque não”. Tipo, SNSD, eu falei mais ou menos: Check é legal e o baixo de Party também, mas é apenas uma música genérica, é uma preparação para You Think. Você interpretou como se eu tivesse falado mal, ou como tivesse sido até hater, mas nem fui. É tudo uma questão de ponto de vista e do que cada receptor entende da minha mensagem enviada. Não fiquei com raiva não, eu entendo seus argumentos, só queria que você entendesse os meus.

            Eu sempre flexiono gênero, perceba, por exemplo que eu falei “as/os IGOT7” . Enfim, isso é besteira também…

            E sim, escutei todas, TODAS, T O D A S as músicas de todos esses álbuns aí. Foi bom porque conheci mais de alguns grupos que eu não acompanho, mas faz com que a coluna demore mais pra sair.

            =**

          2. Erva Venenosa

            Nossa querida quanto vitimismo só pq eu falei que Sones amam fazer treta quando as pessoas n “amam” tudo que as gg fazem?. Falei nenhuma mentira amor e prova disso é o post de Party que vc fez BARRACO PRATICAMENTE cm todos que não gostaram de Party. Melhore Fofa.

        2. Erva Venenosa

          Se vc tivesse falado bem de Party esse garoto estaria lambendo seus pés agora. Sones e o seu chato costume de não aguentar criticas pras suas faves.

          1. cyeon

            Que nada! Se formos comparar party com outros mvs do snsd, party foi bem mediano, assim como hoot e dancing queen!
            E caso você não tenha lido, caro hater, não só critiquei isso como também critiquei outros pontos.
            O que há de errado eu querer defender meu ponto de vista? WOW
            Nada de errado, assim como tem gente aqui que achou tal mv bom enquanto na escrita do artigo estava falando que era mediano e nem por isso você foi criticar, certo?
            Não achei party o melhor mv do grupo, mas também não é a lástima toda como citado.
            Teve boa divisão de linhas, teve uma letra coerente com o verão (de que adianta fazer mv verão e falar sobre o oppa que não nota?).
            Hahahaha.
            Vocês tem um ódio muito forte por sones! Não fiz nada para ti. Eu entendi o ponto da colunista assim como ela entendeu o meu ponto e pronto! Nada de brigas ^^

  3. dayane

    Sobre Stellar eu vou ter que discordar acho tanto Marionette como Vibrato músicas ótimas o mv de ambas pode ser de gosto duvidoso ( apesar de achar o mv de vibrato super artistico e bem trabalhado como se tivessem realmente pensado para faze-lo ao contrario das caixa-concept e dance version q a maioria dos grupos lançam td mês e que são logos esquecidos)

    O mini da Hara está muito bom tenho que concordar, pena que a DPS tenha ferrado com td não lançando What Do You Think? feat Youngji como single

    Girl’s Day por favor ouçam Top Girl e White Me muito melhores que Ring My Bell, aliás é uma pena a Dream Tea ñ ter esperado pra fazer um comeback pra elas no inverno com White me que é quase uma something 2.0 no bom sentido seria sucesso na certa ( pq se Sistar pode lançar/reciclar a mesma música trezentas vezes pq GD não pode também né)

    Nine Muses foi uma ótima surpresa pra mim q nunca liguei pra elas mas Hurt Locker me conquistou também viciei em fancy, pena q os corebas não apreciaram esse lançamento como nos ocidentais pq até agora não vi ninguém achando o comeback delas ruim

    1. Maíra

      “tanto Marionette como Vibrato músicas ótimas o mv de ambas pode ser de gosto duvidos” -> é uma verdade, as músicas não são ruins, as letras não são ruins, os mvs são apelativos para poderem chamar atenção. Tanto é que nas apresentações elas mudam a coreografia e fica tudo certo, tipo, elas não perdem a essência da música fazendo algo mais comedido.

      Sobre Hara, é quase um guilty pleasure dizer que gostei do mini dela! hahahahahahahahahha porque, vocalmente falando, ela é a mais limitada no KARA e eu duvidei muito dessa estreia solo dela! Eu acho que a DSP Ent. fez um bom trabalho sim, o lance com What Do You Think? é bem “oi? porque essa música não é single??????”, mas, sei lá o que aconteceu de verdade, né?

      Eu achava que Drama, o último comeback de 9Muses, era o começo do fim delas. Foi bem fraquinho, mas elas voltaram com Hurt Locker e eu pensei que elas ainda têm muito a mostrar. Daí que Drama virou para mim só um pequeno erro de percurso.

      Aaaaahh, e With Me>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> Ring My Bell. Dream Tea errou feio na escolha do single!!

      =D

  4. Ailton

    Confesso que quase não escuto as boy band e na minha playlist só tem FACE do Nuest e GO CRAZY do 2PM então não serei hipócrita de opinar sobre a mulekada.

    Quanto as meninas, Heart Attack do AOA me pegou de primeira e o mini album delas tem muita qualidade sim, Chocolate é a melhor do album.
    NINE MUSES quebrou tudo com esse refrão de HURT LOCKER.
    SNSD vieram com o freio de mão puxado, as próximas promos vão ser tapa na cara de todo mundo.
    (ainda assim PARTY é muito boa).
    SISTAR demorei pra começar a curtir SHAKE IT talvez pelo “wigle, wigle” exagerado já no começo do MV, mas a musica tem qualidade e o carisma delas não demorou pra me pegar.
    GFRIEND já vai na contra mão de todas as citadas anteriormente porquê não tem nenhum apelo sensual, o negócio delas é o poder da fofura mesmo ;) e a coreografia muito boa, e quem disse que a gente só se apaixona pelas mina sensual?

    Faltou o MAMAMOO ai ein! Talvez melhor grupo se falando em qualidade vocal, um puta dum mini álbum e eu não faço ideia porque a galera não dá tanta bola pra elas!
    SONAMOO também merecem ser acompanhadas de perto pois mostraram um potencial enorme.
    HELLO VENNUS com um bom cameback mas bem abaixo dos outros.

    Mas ai veio o mês de agosto e o WONDER GIRLS botou todo mundo no bolso!!!
    Vou ficar no aguardo de um review com elas ein ^^

    ps: impossivel não entrar na torcida pras meninas do STELLAR depois daquela entrevista!
    STELLAR FIGTHING.

    1. Maíra

      “SNSD vieram com o freio de mão puxado, as próximas promos vão ser tapa na cara de todo mundo.”–> Ain, espero, faz tempo que SNSD não me cativa! Tô esperando You Think com grande ansiedade.

      Verdade, MAMAMOO anda merecendo um post especial, porque elas não são boas, elas SÃO ÓTIMAS! Talentosas, todas cantam muito bem, muito carisma no palco e altamente engraçadas!

      Eu não gostei muito de SONAMOO e HELLO VENUS, achei bem fraquinho o comeback delas. Espero que seja só uma fase ruim, elas são realmente mto boas.

      E Gfriend são os meus xodozinhos, é mta coragem promover no estilo fofo quando praticamente todos os outros grupos femininos estão no conceito sexy. E elas são fofas de verdade, então elas me passam verdade nas músicas, é mto boa essa sensação!

      Sim, pretendo fazer um review de REBOOT! Torça por mim!!!!

      E acho que muita gente mudou de opinião depois da entrevista de Stellar e vai ser babado o documentário delas. Aguardemos!

      =*

      1. Ailton

        Ah bom saber então, vou ficar esperando esse review.
        Maíra FIGHTING!!! xD

        Por enquanto vou continuar aqui curtindo REBOOT em looping o dia todo!!!
        kkk

  5. Erva Venenosa

    Eu achei esse verão mega fraco e super generico, pra mim só Hurt Lucker salvo, sem dúvidas a melhor música de verão desse ano. Sem falar que o começo de agosto >>>>>>>>>>>>>>> junho/julho. Falou tudo sobre Party, uma música mega esquecível que hitou apenas pq são as GG, pq se fosse qualquer outro grupo que tivesse lançado teria armagado no flope, mas agora esperando elas voltarem cm música de vdd, You Think <3. Já to viciada na Demo espero que a versão final supere.

  6. ComunidadeVibe

    Adorei a análise, e nesse verão Nine Muses surpreenderam, só que ai veio Suju <3
    Cara to amando o álbum, adorei tudo, e pra mim eles são os melhores até agora. Se acham que não, aconselho a ouvirem o álbum e a tradução de Devil que é um bafo daqueles <3. Amo Super Junior, e pra mim o titulo de verão fica com eles. Outros destaques que não mencionaram como Sonamoo, POTEN, Minx, Hello Venus e outros nugus me impressionaram <3 E teve Shinee e Big Bang tb <3
    Girls Generation está de parabéns, lançaram uma msk gostosa de se ouvir, todas mostraram que superaram a saída da Jessica, e pra aqueles q tão criticando Party, saibam q essa msk é só a cereja do bolo, acho q vem algo mais UAWW em Lion Heart e algo lacrador e poderoso em You Think. Apink decepcionou, e sem biased pq foi algo mt chatinho de se ouvir, me bugava sempre q ouvia o refrão '-'
    GOT7 e Infinite estão de parabéns, estão arrasando. AOA e Sistar simplesmente usaram um conceito mt modinha. Gostei de Girls Day !!
    Esse verão foi uma delícia, sem palavras <3

  7. lucas uchira

    A vários MVs muito bons, como e o caso de 9Muses. E uma pena que o grupo não tenha tanto reconhecimento, pois se a música Hurt Locked fosse de SNSD ganharia o MAMA de melhor musica do ano. Esses MVs de verão, pelo menos pra mim, ainda não são o suficiente para bater de frente com Crazy (4Minute), Only You (Miss A) pelo lado feminino. Pelo masculino também não superaram as músicas do EXO e BigBang.

    1. ComunidadeVibe

      Somos 2 <3
      4Minute foi o melhor pra mim, e nem estou falando isso por ser 4nia, e sim pelo álbum q foi impecável, amei todas as músicas e tenho elas no meu celular (Minha predileta é Stand Out <3). Elas são um amor, espero que elas retornem dps do comeback da Hyuna

  8. Victor_fx

    Acho que esse artigo deixou a desejar ficou muito restrito a gosto pessoal do que uma visão ampla dos lançamentos, eu pensei que seria uma artigo sobre as músicas que usaram o conceito de verão que eu particularmente gosto. O Got7 é uma grupo que eu tenho gostado dos seus lançamentos esses ano apesar de não gostar muitos de boys bands, apesar deles não usarem o conceito de verão propriamente dito não deixa de ser uma música ao estilo o MV é bem legal e a coreografia também por ser cativante, divertida e simples, mas a música é muito manjada já vi unas 10 músicas com essa mesma letra nem precisei saber coreano para saber a tradução da música mas a grande maioria dos fã (garotas) devem gosta desse tipo de música. Outra música que eu goste foi Sober do BigBang a única música deles que eu gostei até agora. Mas a música que foi a melhor desse verão foi Ah-ah do Teen Top a música e completa: divertida, animada, contagiante, tem pegada, coreografia o MV é muito bom pena que não teve grande reconhecimento que merecia, para mim essa música é uma versão masculina de Gee.

    Já sobre as girls bands medianas elas lançam músicas boas e outras vezes músicas mais ou menos, também acho que faltou mencionar as 9muses elas lançaram uma música contagiante com boa coreografia e um MV bom mas acho difícil um grupo que vive mudando de integrantes conseguirem muito secesso, uma coisa é mudar um ou dois membros mas já perder tantas integrantes que dá para forma outro grupo. Agora desmerecer o trabalho do SNSD e dize maravilhas do Apink que “Remember tem tudo que os conceitos coreanos de verão pedem” quando foi o flop do ano, parecia até que elas ficavam felizes quando a música não ganhava as competições, a única coisa boa foi o MV porque o resto só faltou o barco afunda no vídeo com elas, o começo da música vontade de dormir e acaba quando chega no refrão,
    Já o SNSD veio de corpo de alma no conceito o MV nem precisa comentar, a música é animada e divertida, dizer que só teve um bom desempenho porque são muito populares e tem muito fãs acho que não chega ser esse o caso (se fosse no caso de uma boy band ou um cantor tipo Justin Biber e Luan Santana porque todo mundo sabe que tipo de fãs esses artistas costuma ter) porque a música ainda estava levando o segundo lugar nos programas mesmo um mês depois de ser lançada e elas nem estarem mais trabalhando com ela e isso sendo que nesse período de muito lançamentos as maioria dos artista só conseguem ficar por uma semana, claro que não dá para esperar que a música fosse uma das melhores, a única coisa que torna a música esquecível e o fato que ela não serva para todas as ocasiões.

    A música do Gfriends nem precisa comentar muito sobre a música é bem café com leito só dá para aproveitar mesmo durantes as promoções porque depois não dá nem vontade de ouvir mais. Eu espero que elas não venha com essa mesma chatice no próximo trabalho porque eu vou desistir desse grupo a única coisa que todo mundo sabe falar delas é que são fofas, bonitinhas e fofinhas (haja estomago) quando na verdade elas não tem nada disso, eu reparei nas apresentações delas que para o padrão coreano e para a idades delas elas são (nem todas mas a maioria) mais gostosinhas e maduras do que fofinhas, deveriam investir em algo que tivesse mais haver com eles do que ficar forçando elas serem fofas.

    1. cyeon

      Pensei a mesma coisa sobre o artigo:
      SUPER ELOGIO DO APINK E SNSD ESSA DROGA TODA?
      Foi bem imparcial e arraigado totalmente a gostos pessoas. Comeback de apink flopou geral, se quase ganhar nem um prêmio. E esse tanto de elogio. Até os pink pandas ficaram decepcionados com o comeback de Apink por ter sido morno e fraco. Sem atrativos.

      1. lucas uchira

        Concordo com vc, A-Pink fez uma musica muito decepcionante. E o pior ainda e eles elogiarem o pior MV do ano que foi o do SISTAR e dizer que a musica do Girl’s Day e a mais fraca. Vai enteder!!!

    2. Ana

      Concordo com você no papo de Gfriend, parece que elas vão virar a nova Apink da vida e ter só musicas fofas falando de oppa e amor. Ou as musicas são muito fofas ou muito sexys nesses tempos

    3. Maíra

      Eu acho que o problema todo aqui não é o que escrevi sobre grupo “A” ou “B”, a questão é sobre o que escrevi de SNSD. E eu já sabia que esse tipo de comentário ia aparecer, então nem me estresso.

      Eu conheço o trabalho das SoShi, sei do potencial delas e acho Party inferior. Sei que elas poderiam trabalhar o conceito de verão muito melhor, mas não aconteceu com essa música. Se elas venderam e ainda vendem bem essa música, e outros grupos não conseguiram o mesmo desempenho, não posso fazer nada. Mas não significa dizer que uma música que vende mais, ou que ganha mais vezes nos programas coreanos, é melhor. Não é.

      Você tem a sua opinião e eu a minha, você não gostou do review e eu lamento. Quem sabe uma próxima vez você se identifique com o que escrevo. Mas, quanto ao que escrevi sobre SNSD e todos os outros grupos aqui tratados, não mudo uma vírgula.

      =*

      1. cyeon

        O problema em si foi que comparamos os comebacks de verão um com o outro.
        E não tem lógica o comeback de Apink ter sido “essa coca-cola” toda como citado.
        O álbum não teve nenhum destaque nem na mídia coreana nem na mídia internacional.
        O mv principal não foi bem elaborado, foi algo monótono e parado, a música fraca, fria sem um ponto forte que nos puxe a atenção e uma dança pouca envolvente. Entende?
        A questão não é o SNSD, a questão é que comparamos os comebacks entre si e pra maioria é estranho ver como SNSD está sendo levado na brincadeira: “SÓ HITOU PORQUE É SNSD”
        Não é isso, cara! Foi uma música mediana? SIM, mas não foi uma lástima.
        Tem tudo a ver com o verão… Então está perfeitamente encaixado no tema: VERÃO.
        Enquanto o comeback de apink não teve a calorosidade do verão, foi algo mais à meno.
        Entendeu? Não estamos pró-snsd, estamos pró-lógica.

        1. Maíra

          Eu vou tentar ser o mais didática possível pra vc perceber que concordamos mais que discordamos.
          Apink, eu disse: “para quem gosta desse estilo mais doce, rosa/pastel, LENTO E MORNO (em caps lock pra vc perceber melhor), Pink Memory é uma boa indicação”.

          Você disse: “… o comeback de apink não teve essa calorosidade do verão, foi algo mais à meno (sic).”

          Percebeu que a gente concorda que o comeback de Apink não foi “quente”?

          Sendo que eu não disse que o comeback de apink foi o melhor de todos ( eu disse isso, por exemplo, com todas as letras na parte de 9Muses: “Hurt Locker, não só um dos melhores trabalhos trabalhos apresentados nesse verão, como também uma das melhores músicas da discografia delas”), tô dizendo q pra qm gosta desse estilo MORNO o Pink Memory pode ser uma boa pedida.

          Quanto ao que o fandom acha, eu conheço gente que adorou o comeback delas, teve gente que não, isso é muito subjetivo. Da mesma forma, teve mta gente que gostou do comeback das SNSD, teve gente que não.

          Sobre SNSD, ambos concordamos que não é a melhor música de todo o trabalho delas, mas vc acha que se encaixa no conceito verão, a divisão de linhas foi mais igual, provavelmente vc gostou do feeling do MV e das apresentações e por isso vc acha q Party deve ser levada mais a sério. Eu entendo seu ponto, só discordo. Não acho q esses argumentos fazem uma música ser boa ou não. Eu a acho genérica, vc gosta, acontece, é a vida.

          Da mesma forma tem gente aqui nos comentários que não gosta de Gfriend e eu gosto. Tem gente que gostou do comeback das Girl’s Day e eu achei, que dentre as músicas do álbum, Ring My Bell a mais fraca…

          Espero sinceramente que você tenha entendido meu ponto de vista.

          =**

          =*

          1. lucas uchira

            Maria!!! O seu unico erro na reportagem foi vc não ter colocado nas considerações finais uma frase: “Os resultados deste artigo esta baseado na minha Opinião da Autora”. Além do mais vc nós deu a liberdade de poder discordar de vc no final: “E quem você acha que foi injustiçado nesse review? Chegou a hora de vocês, comentem!!!”.
            Se as pessoas aqui (com exceção daqueles fanáticos que so querem chamar a atenção) estão dizendo que a musica tal e ruim, um exemplo e o A-Pink, vc deve aguentar afinal cada um tem sua OPINIÃO. Antes que vc escreva mais um logo texto nos comentários, eu digo que entendo o seu ponto de vista.
            OBS: Espero que vc não leve a mau o meu comentário.

          2. Maíra

            Lucas, o comentário não foi pra vc, foi para cyeon! hahahahahahahahahahahahah
            Mas, enfim, esclarecendo: estou aguentando até o fim os comentários de vcs, tanto é que falei em algum lugar por aqui “não mudo uma vírgula do que disse”. Não mudo mesmo.
            E eu achava desnecessário precisar escrever numa coluna que aquilo que eu escrevo reflete a minha opinião, mas considerando, mas depois de hoje, sei lá, vou começar a refletir sobre deixar isso bem exposto nos meus próximos textos! hahahahahahaha

            =*

    4. ComunidadeVibe

      Nossa fico feliz em ver q tem mais alguém que gostou de Teen Top, e na boa, achei melhor que Sistar e AOA, ja que esses 3 lançaram juntos. Vi que Teen Top derrotou num show AOA, Sistar,Mamamoo e BTS, e foi um banho de água fria principalmente pras ARMYs pq a diferença entre BTS e TeenTop foi de 2 pts kkk

  9. lino

    Achei muito bom os comebacks femininos,só acho chato esse pessoal machista,que vive falando que elas estão sendo exploradas sexualmente,quando e o oppa ta tudo bem ,quando é a mulher coreana é julgada,não gostei de algumas opiniões a respeito de Girls Day,mas respeito e relevo

    1. cyeon

      Não costumo concordar com suas opiniões, mas dessa vez eis um ponto em comum.
      O álbum do girls day jamais foi ruim! Talvez o mv principal não tenha sido como os outros que o grupo produz, mas jamais vai estar nesse patamar: Apink>>>>>>>> GsD.
      Se formos comparar um com outro GsD ganha de lavada no do Apink e no album do Gfriend.
      Tem músicas mais animadas, chicletes, divertidas que você vicia.
      Mv do GsD foi bem elaborado, desde as roupas até a dança! Não achei que tenha sido sem sentido ou um tiro pra todos os lados.
      Mas ok, é uma coluna de opinião e não de análise-q

  10. Jessica

    Eu, particularmente, gostei muito de vários comebacks deste ano. Em especial, todos da JYP. Quanto aos retornos de verão, em minha opinião, 9Muses e GG foram os melhores. Pode não ser a melhor música das meninas do Girls’ Generation, porém o conceito ficou perfeito. Tem um “vibe” muito boa, todas estão lindíssimas e pra mim, foi a cara do verão – a única coisa que achei fraca foi a coreografia, mas acho que este não era o foco delas, e sim, mostrar como pode ser divertido o verão. E 9Muses me surpreendeu muito! Os vocais estão muito bons mesmo, a coregrafia também está ótima e a música… Eu conto os segundos pra cantar o refrão, rsrsrsrs. Também amei o comeback do SuJu, Devil não fugiu do estilo deles e mostra um amadurecimento muito legal – o meu pesar foi que, pra um especial de 10 anos, não estavam todos no MV, mas tudo bem, eu entendo. Senti falta de Mamamoo aí, rsrsrsrs. Eu simplesmente amei “Um Oh Ah Yeh”, pois esta é uma música simples, limpa e divertida, isso sem contar os vocais delas que são um arraso <3 E cara, Shinee deveria ter lançado "View" nesses comebacks de verão, porque eu achei a música bem verão também. Gostei de AOA também, mas tive que escutar a música mais de uma vez pra isso, rsrsrsrsrsrs. E de acordo com alguns comentários que eu vi acima, concordo plenamente: 4Minute, com "Crazy" foi o top dos top. E As Wonder Girls, AMEI demais o comeback também. Espero ver logo a review de "Reboot"!

    1. Victor_fx

      Concordo plenamente na parte do Shinee mas ela também não deixa ter ser uma música de verão. Já as 4minutes lançaram uma das melhores músicas desse ano mas vou esperar até os resultados do fim de ano para comentar.

  11. Pio Hyemi

    Foda-se se a Coréia não valoriza 9muses pra mim elas sempre vão ser as melhores, Hurt Locker humilhou a concorrência nem lady gaga, katy perry ou Taylor swift fariam melhor, pra mim é a melhor música de kpop de todos os tempos pra mim fikou assim 1º Hurt locker, 2º Vibrato, 3º Sober e ring ma bell tbm gostei e foda-se se algum fã de SNSD ou apink ou AOA me criticar pra mim é recalque pois na balada concerteza batem cabelo é com hurt locker é não coma a bosta de remember e party é ouvível mais ou menos e gostei tbm de So crazy porque T-ara é meu grupo favorito empatando com as Muses Hurt locker e Sugar free 4ever kkk

  12. Cecilia

    Na MINHA OPINIÃO (coloquei em maiúsculo já pra deixar bem claro) e analisando apenas os lançamentos deste verão coreano, os melhores pra mim foram GOT7 (é raro ver um grupo incentivando o bem estar de seus fãs sem impor alguma transformação maluca, e a música e o MV foram bem criativos), G-Friend (nem sou fã do grupo, mas as músicas delas são muito boas), Apink (ao contrário do que muitos dizem acho muito bom ver que um grupo fica no seu conceito original enquanto muitos apelam) e Sistar (gostei muito de ‘Shake It’, a música gruda na cabeça e as apresentações ao vivo forma incríveis).
    Entre os piores colocaria em primeiro a Hara, sinceramente onde a DSP tava com a cabeça pra dar um solo pra integrante que não sabe cantar? Claro que o álbum dela tava cheio de feat, alguém tinha que preencher as lacunas… E a música foi beeeeem chata, um sussurro. O segundo pior foi o Girls’ Generation, esse grupo tem tanto talento, mas a SM insiste em dar conceitos bobos para elas, a música e a dança foram previsíveis, a divisão de linhas foi trágica, nada me animou nessa música.
    Infinite e Super Junior, mesmo sendo 2 de meus grupos favoritos ficam no meio da minha lista. O Infinite precisa achar um conceito tão bom quanto ‘The Chaser’, falta superarem esse hit. O Super Junior precisa se reencontrar como grupo, mas tá na cara que a SM não liga para eles, álbum de comemoração de 10 anos de carreira e eles vem com uma música fraca, o álbum em si foi ótimo, amei ouvir as músicas das diversas sub unidades, mas ‘Devil’ foi a pior do álbum.
    AOA, Girls Day, Nine Muses e Stellar também ficam no meio, mas entre essas 4 acho que a música do Stellar foi a melhor. O Nine Muses deveria ter lançado ‘Hut Locker’ no começo do ano, se perderam nessa competição toda. O Girls Day, por mais que alguns não queiram admitir, floparam, e olha que foi um álbum completo, mas tiveram que parar as promoções no meio por causa da falta de interesse do público, além das controvérsias que as integrantes se envolveram esse mês. O AOA achou que poderia competir de frente com o Sistar, mas não durou muito, é um grupo que tem que mostrar que é maior do que suas roupas curtas.

  13. Pedro

    Faltou SHINee sem duvida,apresentando o melhor conceito verão estilo masculino.Embora tenha sido lançada em Maio poderia ter sido analisada,já que faz parte do conceito verão e lançamentos do verão.

  14. Pedro

    SHINee pegou uma vibe amor de verão,curtir o verão,e a letra é ótima,escrita pelo Jong e segue a linha de sinestésia,o que acho um máximo e poético.Uma visão bonita,e o MV soube sintonizar com a música.

    Amei o do GOT7,mas achei fraca comparada a outras deles,a mensagem é linda e quero participar do projeto,e o JB esta lindoooo,homem da voz maravilhosa(Jackson e Jr. maravilhosos tbm).Amo a imagem deles.

    Devil do SJ adorei,foi muito bom,pra mim melhor anos luz que Mamacita (que é bem desagradavel).

    INFINITE abordou um conceito muito legal,e a música é uma das melhores do grupo,pretendo ouvir o album em breve,a apresentação ao vivo é perfeita.

  15. NFaccio

    Minha opinião sobre Vidrato, bom eu não conhecia o grupo e só passei a conhece-lo com Vidrato. Comparado a outros grupos ou até o “pop americano :p” o video não tem nada demais, as insinuações são insinuações, cada qual ver do seu jeito. Enfim acho bonito o conceito sexy, logico que alguns movimentos da coreografia foram ousados, mas eu vejo muito talento nessas meninas. Amo a vocalista principal e a rapper <3 . O que não gostei foi o comentário de varias pessoas (não daqui no site) as chamando de 'vadias' etc..

  16. Glenda

    Eu acho que a girls generation foi o melhor por que teve mais a vê com o verão tanto na letra da música como no MV essa é minha opinião e eu amei a música não paro de cantar parece chiclete

Poste o seu comentário