How To Steal A Dog

How_to_Steal_a_Dog-p1

Título: How to Steal a Dog (em inglês)  / 개를 훔치는 완벽한 방법 (em hangul)
Diretor: Kim Sung-Ho
Data de lançamento: 31/Dezembro/2014
Duração: 110 minutos

Como Roubar um Cachorro” foi lançado no final de 2014 e até hoje, quase dois anos depois, ainda faz bastante sucesso. O filme se baseia no livro de Barbara O’Conor, com algumas adaptações para a realidade coreana, mas não deixa cair a peteca na hora da comédia, nem na hora do drama.

Imagem de Amostra do You Tube

O trailer não tem legenda, mas da pra ter uma ideia do que se trata o filme e ter uma previa de algumas situações engraçadas. Tem outra versão aqui, muito boa também e com uma pegada mais misteriosa.

A história gira em torno de Ji-So, que decidiu ganhar algum dinheiro para ajudar sua família que está absolutamente quebrada. Tanto que eles agora vivem numa van, que um dia já foi um desses carros de vender comida. O problema é que ela tem objetivos totalmente sem noção e impossíveis, como por exemplo, comprar uma casa com 500 dólares. A garotinha soma forças a sua melhor amiga, que é a única pessoa que sabe de sua situação financeira, e também com a ajuda do irmão mais novo eles bolam um plano perfeito pra sequestrar um cachorro.

O problema é que o cachorro consegue escapar antes mesmo de ser sequestrado e eles tem de bolar um novo plano, dessa vez sem falhas. Não vou entrar em detalhes porque isso tiraria a graça da situação quando vocês vissem, mas digamos que mesmo com todos os pesares o plano acaba bem e eles então tem um cachorro valioso pra devolver e ganhar a tão sonhada recompensa.

Com a ajuda de um motoboy malandro que serviu de mula de carga, as crianças levam o cachorro pra uma casa abandonada onde ele terá de esperar até que seja oferecida uma recompensa por sua linda cabecinha. O problema é que um mendigo de três dedos resolve morar no mesmo quintal e descobre que o cachorro foi roubado, mas com um pouco de conversa tudo se resolve. Ai entra outra treta maior, um crime de verdade que pode comprometer tudo e que de certa forma, envolve as crianças.

how to steal

O filme chama atenção pelos diálogos que as crianças tem entre si e com adultos. Nada que pareça fora do possível para uma criança normal, nós é que vemos elas como pequenos serem não pensantes. Toda a elaboração de planos, as mensagens secretas durante as aulas, as negociações com o mendigo e com o motoboy, tudo isso me deixou um pouco surpresa e garantiu boas risadas.

A história não foca tanto nas dificuldades de se viver sem uma casa, mas também não deixa de lado essa forma de contextualizar os esforços de todos, principalmente da mãe de Ji-So, a super sem noção Jung-Hyun, que não mede esforços para dar bons estudos para sua filha e toda a atenção que o pequeno Ji-Suk precisa. A medida de tristeza ficou no ponto certo, já que se trata de uma comédia. Vemos que a família sofre porque o pai os abandonou e pela falta de uma casa, de uma festinha de aniversário e outros ‘detalhes’ que são tão importantes para as crianças. Mas o foco se mantém no plano de roubo e na mensagem principal que é ‘fazer a coisa certa’.

Apesar de não contar com um elenco tão pesado, os atores não deixaram a desejar. Hong-Ki interpretou o motoboy que quase não aparece, mas como sempre conseguiu fazer bastante graça com suas expressões exageradas. Kang Hye Jung arrasou de cara lavada interpretando uma mãe pobre que só quer por comida na mesa. E as crianças claro, Lee Re e Lee Ji-Won convenceram facilmente em todos os momentos, sem parecer forçado ou falso.

Adorei o final, porque não acontecem milagres ou algum evento que mude tudo do nada e todo mundo fica rico e feliz. As coisas vão melhorando aos poucos e as crianças continuam esperando seu pai, que olhem só a grande piada, é revelado numa cena breve. As crianças decidem fazer um cartaz de procura-se, para ver se o pai aparece, dizendo que ele não precisa se sentir envergonhado por tê-los deixado em tal situação (é difícil explicar sem contar muito do filme), eis que na foto do cartaz temos ninguém menos do que Tablo, que é marido de Kang Hye Jung na vida real.

how to steal

Não vou ficar elogiando a história e todo o enredo, porque grande parte é mérito da autora do livro e não dos adaptadores ou do diretor. Mas super vale a pena assistir, mesmo que você já tenha lido o livro. A mensagem geral do filme é muito bacana e mostra várias lições sendo aprendidas pouco a pouco.

Poste o seu comentário