[Opinião] O que é ser um ídolo reconhecido na Coreia?

bigbang

Olá Kners, espero que vocês estejam indo bem e que a calma vos permita ler esse post chato, porém interessante, longo, porém esclarecedor. Hoje eu vou falar um pouco de reconhecimento, fama e caráter. Como esses pontos são tratados no meio musical coreano e o que tudo isso quer dizer. Já vou agradecendo à Ren que mais uma vez me salvou e me ajudou com esse material super bacana.

Diversas vezes vocês perguntam no ask se algum artista ou grupo é famoso e reconhecido na Coreia. Já notamos nessas perguntas que o fator fama está separado do fator reconhecimento, mas o que exatamente significa ser reconhecido na Coreia? O que um artista precisa fazer para ser considerado reconhecido? E esse reconhecimento é mais importante que a fama?

Considero que para ser reconhecido é preciso ser famoso, caso contrário, quem vai te reconhecer? Sua família e alguns amigos? Isso não basta. Estamos falando de reconhecimento nacional, por isso falarei de grandes nomes. Salvo os produtores, diretores, etc que são reconhecidos entre um grupo específico de pessoas.

seungri

Vamos simplificar com um exemplo, Seungri, sempre que o gatinho faz retorno solo chama muita atenção. Ele é famoso? Sim. É reconhecido? Não. “Ah Thaís ele é membro do Big Bang um dos grupos mais tops e reconhecidos da Coreia, como ele não é reconhecido?”. Estou falando dele solo e não do grupo como um todo, ele é a ovelha negra do grupo, não me refiro aos boatos e escândalos, não mesmo. Ele canta bem, mas não tão quanto Daesung, ele é bom no rap, mas não como de G-Dragon ou TOP, ele também dança muito, mas não supera o Taeyang. Considero Seungri um artista completo, ele produziu seus álbuns solos e participa de todo o processo, desde a escrita das músicas até a direção do videoclipe e isso é algo a se respeitar. Mas ele não ganha o devido reconhecimento, é considerado o membro meio termo do grupo e, infelizmente, não superou essa fama até hoje.

Outro bom exemplo é a cantora BoA, ela é famosa e reconhecida. Mas o que foi preciso para se ganhar esse reconhecimento, que no caso dela vem somado de grande respeito? BoA fez sua estreia bem novinha, mas a cada retorno mostrava alguma melhora, ela sempre conseguia superar alguma crítica negativa. Se alguém dizia que o último retorno dela tinha uma coreografia simples ela voltava com uma coreografia mais trabalhada, mas sem prejudicar a qualidade vocal. Se alguém dizia que ela só servia para cantar músicas pop ela lançava alguma balada que exigia potência e controle vocal. Todo esse trabalho exigiu dela um esforço enorme, mas hoje ela pode andar de cabeça erguida e por onde passa será cumprimentada como alguém que merece respeito, mesmo dos mais velhos.

boa

Mas calma, quer dizer que o Seungri não se esforça ou não consegue se superar? Não exatamente, vamos devagar. Ele se esforça sim e isso pode ser visto claramente em seus álbuns, mas eu não diria que ele se supera. O nível de suas músicas é sempre o mesmo e ele não costuma sair muito de sua zona de conforto.

Para um artista ser reconhecido e receber respeito do público ele tem de arriscar, mas não basta ousar, tem que se dar bem fazendo isso. Se você é bom no rap, mas peca no vocal não adianta de nada tentar se arriscar cantando músicas com notas altas, só vai conseguir se ridicularizar. Os artistas reconhecidos tem talento nato para mais de uma coisa, e não tem preguiça de se esforçar ou medo de se arriscar. Por isso o público respeita o trabalho deles e reconhece tanto o esforço quanto o talento.

Vejamos o cantor Se7en. Ele é muitíssimo famoso e também reconhecido no mercado musical coreano. Mesmo com todos os escândalos que foram revelados sobre ele o público continua esperando seu retorno musical após o serviço militar. A Coreia ficou indignada com as atitudes de Se7en e praticamente ninguém ficou ao lado dele, mas quando o assunto se vira para o trabalho as pessoas tem uma pose totalmente diferente, pois o caráter nada interfere em seu talento. Apesar de que, se fosse um artista ainda não reconhecido, ele poderia dar adeus a sua carreira.

O respeito da nação

E é nesse ponto que eu queria chegar, na reputação, no caráter. Para se ganhar reconhecimento tem de ser respeitado e para se ganhar esse respeito na Coreia você precisa de uma imagem limpa e clara, como cachaça duplamente filtrada. Não adianta ser supertalentoso e esforçado, se todo mês sai alguma notícia sobre o artista bêbado causando nas baladas, se envolvendo com menores de 19 anos [maioridade coreana] ou se você decide sair do país para não cumprir o serviço militar. No máximo algum jovem delinquente vai gostar, mas isso não trás fama, nem reconhecimento. É preciso começar com o foco de manter a imagem limpa e se manter longe de rumores e escândalos. Os coreanos são muito ligados a questão do repeito, você tem que fazer por onde, tem de demostrar respeito à sua cultura, sua nação, seu povo e todos aqueles que de alguma forma te ajudaram.

se7en

A questão do serviço militar sempre deu muito o que falar, pois os fãs ficam tristes de “perder” seus amores por dois longos anos, 21 meses para ser mais exata. Ao mesmo tempo ficam gritando de orgulho quando o ser humano volta do exército todo crescido depois de ter servido com louvor a sua pátria. Para nós, brasileiros, é um pouco difícil entender isso, não somos patriotas como os coreanos, não entendemos essa necessidade de exército já que nunca tivemos uma guerra em nosso solo. Mas lá isso é coisa séria e se você tenta dar um jeitinho de não cumprir esse serviço, pode dar adeus a sua paz.

Como exemplo disso temos Yoo Seung Joon, o cantor abriu mão de sua cidadania coreana em 2002 para ficar apenas com a americana e seguir carreira por lá, sem precisar cumprir o serviço militar. Hoje, 13 anos depois, ele implora a toda a nação coreana, pois quer voltar, cumprir os 21 meses no exército e ser novamente um cidadão coreano. As pessoas não entendem muito bem o porque disso depois de tanto tempo, o cantor afirma que não tem intenção alguma de ganhar fama com a situação, quer apenas poder pisar em solo coreano com seu filho e se retratar com sua nação. Pois é, uma decisão tão antiga que hoje o impede de andar de cabeça erguida na rua. Temos diversos exemplos de homens famosos que não cumpriram devidamente o tempo no exército, ficando com trabalhos mais simples só por serem famosos; o que é no mínimo injusto.

Conclusão

Vejo tudo isso sendo resumido em uma fórmula simples, o que se precisa é:

Talento + Carisma + 0 namorad@s

Se o artista tem algum relacionamento amoroso, já não é mais o desejo dos fãs e isso destrói todo o sistema, que é sustentado pelos fãs. Tanto financeiramente quanto na hora do barraco, já que muitos fãs ajudam a esconder passados ruins, reportagens mal intencionadas e coisas do tipo.

Para se obter o devido reconhecimento um artista tem que manter o equilíbrio na sensualidade, ter uma imagem limpa, somada de uma dose tripla de talento e o sempre bem vindo carisma. Você não pode errar, sua família não pode errar, seus amigos tem que ser tão perfeitos quanto seus fãs acreditam que você seja. O grupo (caso não seja solo) não pode errar. É impossível viver uma vida sem erros. Por isso as empresas investem forte no que chamamos de ‘media play’. Isso é quando a empresa paga alguém (muita gente na verdade) pra espalhar boatos positivos, os funcionários da empresa ficam comentando coisas legais sobre o artista nos sites que tem por ai – fingindo ser fãs. Parece coisa de doido, mas na Coreia isso rola com ídolo e até político. O importante é ser amado, se muita gente te ama, sempre vai surgir um doido Maria vai com as outras pra amar também sem nem saber o motivo.

Para os coreanos, fama é holofote e câmera, reconhecimento é crítica positiva e boa imagem entre a população em geral, mais ou menos isso. Espero que tenham gostado, até a próxima!

Changmin (5)

There are 34 comments

  1. Tio Sam

    Gostei da matéria mas achei que podia ter comparado o Seungri com um artista que tivesse carreira solo mas que fosse de um grupo. E a BoA com um artista que não fosse de um grupo e que apenas tivesse uma carreira solo. Não sei se deu pra entender, kkk… É que eu acho que o Seungri nunca vai se esforça pra ser um Taeyang da vida justamente pelo que você disse: “ele é considerado o membro meio termo do grupo”.
    Enfim, ficou muito boa a matéria, parabéns ^^

    1. Thais Brenda

      Entendi o que tu quis dizer, na verdade eu escrevi mal essa parte, porque não quis comparar Seungri com Boa, são exemplos separados, mas da forma como eu escrevi ficou parecendo o contrário mesmo. Obrigada pelo seu comentário, já me serve de alerta para posts futuros ^^

    2. Inês Brasil

      Tio Sam, sempre é assim, EXISTEM DUAS BEYONCÉS NO DESTINY CHILD?, EXISTEM DUAS ANAHI’S NO RBD? Sempre que for GRUPO, independente de ser BRASIL, JAPÃO, COREIA, USA, sempre um ou dois se sobressaem extraordinariamente os outros ficam meio ofuscados, normal do ramo musical.

  2. Rafaela

    Eu acho que esses fans lunáticos deveriam é tomar vergonha na cara, virar gente, e deixar de perseguir as pessoas como uns mosquitos pra poder se saciar. E também cada um tem sua cultura né, aqui no Brasil só por que não é igual a Coréia não significa que somos menos patriotas, só focamos em diferentes áreas, por questão de culturas diferentes, teve sim guerras com o Brasil, como a guerra da Tríplice Fronteira, e outras. ok Beijos

    1. lino

      Pare,mt brasileiro fala mau do seu próprio país,e não faz merda nenhuma a não ser reclamar idealizar o exterior como melhor e ser corrupto e anti ético,agora pergunta quantas pessoas sabem cantar o hino nacional,vc quer falar que somos patriotas quando falamos de carnaval e mulheres peladas mas em questões socias /economica ninguém dá a mínima.Coreia. É outra cultura não queira comparar o processo histórico com Brasil

      1. Thais Brenda

        Mas o que o processo histórico da Coreia e a corrupção no Brasil tem a ver com o tema do post? Você pelo menos leu o que eu escrevi? Ou apenas quis vir pagar de “mister know it all” e falar das diferenças culturais Brasil x Coreia?!
        Pra isso existem posts de minha autoria com temas relacionados, seu comentário seria bem vindo, onde é cabível.

  3. dayane

    Isso que tu comentou acima é pura verdade na Coreia a uma grande diferença entre tu ser um ARTISTA RECONHECIDO e um ÍDOLO SEM TALENTO tu usou o seven como exemplo mas tem a IU, Aille e Baek Ji-Young também ambas tiveram escandalos pessoais que são lembrados até hoje mas suas carreiras musicais se mantém intacta e elas continuam vendendo, ganhando prêmios,fazendo anúncios e indo a programas na tv. Já as T-ara por serem consideradas ídolos sem talento não foram perdoadas até hoje e nunca recuperarão a popularidade perdida

    1. Lana Mavay

      A sua ”comparação” foi bem mais simples… Tadinha das meninas do T-ara acho que nunca vão se recuperar, as musicas são até boas, mas o povo não vai perdoar mesmo!

      1. Thais Brenda

        Os próprios coreanos às vezes comentam, “se fosse um grupo feminino eles jamais seriam perdoados, olha o que aconteceu com o T-ara”. Eu entendo isso como sendo um ódio já infundado, porém mantido por simples costume.

  4. Venon Amorim

    Cara, o primeiro artista de um grupo que virei fã foi o Seungri. Acompanho ele desde então. Infelizmente tenho que admitir sobre o que falou dele, não sei porque mas ele simplesmente se acomoda no estilo dele e fica por isso mesmo. Queria tanto que ele não fosse a “ovelha negra” do grupo :'(

    Mas se tem uma coisa que nenhum dos outros integrantes do BigBang tem igual o Seungri é o carisma, definitivamente ele é o mais carismático, sorridente e muitas vezes o bobão (posto que também serve pro T.O.P.). Bom post !

    1. Thais Brenda

      De fato ele é bastante carismático, já ouvi muitos comentários sobre isso e ele demonstra também, o que é raro em grupos antigos, sejamos honestos.

  5. Sympth

    Ótimo artigo! Acho que o reconhecimento vem dos riscos: sair da zona de conforto invariavelmente chama atenção, seja positiva ou negativa. E sair da zona de conforto não significa mudar totalmente seu estilo e personalidade. Inovar não significa abandonar sua essência. Além da BoA, poderia usar como exemplo o 4Minute: Crazy realmente trouxe uma repaginada na carreira delas, tanto visual quanto musicalmente. Mas não é como se elas tivessem renegado tudo o que haviam feito antes e recomeçado do zero. Pelo contrário, elas pegaram referências das suas experiências anteriores, souberam dosar na medida certa e isso as elevou á um novo patamar (tanto que digo que Crazy veio numa vibe meio HuH misturada com a sensualidade de Volume Up).
    Pra terminar (finalmente ^^) só queria falar dessa foto da BoA. Nossa Senhora, essa mulher é perfeita demais, e em todos os sentidos. Onde clica pra casar e ser feliz para sempre com ela? ^^

    1. Thais Brenda

      hahaha adorei o finalzinho, compartilho o sentimento.
      Tu explicou muito bem sobre 4minute, eu que não sou fã consegui entender e seguir o raciocínio ^^

  6. dayane

    Outro artista que está pouco a pouco deixando de ser um simples ídolo pra ser um artista reconhecido é o Jonghyun do SHINee não só compondo musicas pra ele ( Deja-boo) e seu grupo ( View) como pra outros artistas da empresa ( EXO, playboy) não duvido que daqui uns anos ele esteja assinado todas as musicas dos álbuns do SHINee

    1. Cecilia

      Na minha opinião acho que o Jonghyun é superestimado demais por seus fãs, ok, ele faz boas músicas, mas ainda não esteve totalmente a frente de nenhum grande projeto, gostaria de vê-lo se arriscando ao escrever para artistas diferentes, de gêneros diferentes, pois é assim que você se torna um compositor respeitado, mão com meia dúzia de músicas que escreve pros “amigos” e de repente todo mundo já fica comparando com alguém super bom… E olhe lá que nenhuma música que ele compôs até agora foi lá essas coisas…

        1. Thais Brenda

          É mas ele e o grupo todo ainda se escoram em muita gente. Só estou querendo dizer que isso é normal. Ele ta ali pra ser ídolo, não compositor, não tem obrigação de fazer nada além de ser bonito e legal… se é que me entende.

          1. Mari

            Eu acho que no caso da JongHyun, a SM não da essa liberdade pros artistas dela. Alguns artistas já mostraram interesse em escrever e produzir suas próprias musicas e a empresa não deixar e tenta manter sempre na zona de conforto, naquela musica que sabe que vai vender. Ele correu muito atras pra View ser escolhida. Mesmo sendo fã não acho o Jonghyun o melhor compositor do mundo, acho que ele anda tem um caminho pela frente, mas pelo menos ele esta tentando. E pra finalizar, achei Symptoms (escrita por ele) mil vezes melhor que everybody. (MINHA OPINIÃO!)

  7. Black Sheep

    Eu super tinha curiosidade com esse lance de renomado. No inicio achava que fosse medido por popularidade. Por exemplo, as vezes os rappers não são tão populares, os fãs preterem outro membro do grupo que tenha a posição slá, de vocalista, dançarino, face. Mesmo achando Zico, Rap Monster, Dongwoo, Bang Young Guk, Ravi talentosos, uns mais que outros, acreditava que o renome viria mais por popularidade entre fãs do que aptidão.

    1. Thais Brenda

      Isso é complicado, porque por exemplo o Zico, ele é bom e famoso, mas no grupo tem o Kyung e o P.O que são tão bons quanto ele, mas não tem espaço pra isso, o que é bem injusto sabe.

  8. Min

    – Sobre o Seungri a história hoje é outra, atualmente ele é bem mais popular que o Daesung dentro do K-Pop. E ele também é reconhecido, por exemplo na China, assim como o Daesung é muito mais popular e o mais reconhecido do Big Bang no Japão, mas isso é só um aparte, visto que isto é sobre a Coreia.
    Eu tenho pensado muito nisso, e o que eu percebi é que existem vários pontos de vistas, o ponto de vista dos Coreanos que não ouvem tanto K-pop, o ponto de vista dos Kpoppers Coreanos, o ponto de vista de Kpoppers internacionais e o ponto de vista do mundo em geral.
    Por ex: BTS tem vindo a crescer muito dentro do K-pop, porém não é nem reconhecido na Coréia, nem pelos não kpoppers.
    EXO é um grupo reconhecido na Coreia e popular dentro do K-pop, porém, se formos ver, nenhum dos membros é reconhecido como artista solo.
    Outro grupo parecido é GG, elas são reconhecidas e têm fama, mas só a Yoona e aquela ( a que dança bem ) são realmente reconhecidas.
    Wonder Girls, hoje elas já não são o que eram, mas são reconhecidas na Coreia, o que, não acontece tanto dentro do K-pop.
    Epik High ( não sei se esta certo ) apesar de serem mais virados para o Hip-Hop eles são muito reconhecidos na Coreia, enquanto se formos ver, por exemplo, eles não têm tanta popularidade com as kpoppers.
    E ainda ha Big Bang que despensa comentários.

    Se pensarmos, isso acontece em todo o lado, o Eminem, dentro do Hip-Hop é visto como a ovelha negra, branca no caso, porém ele é atualmente o cantor de Hip-Hop mais reconhecido pelo mundo todo.
    Mas não é só na música, Amanhecer foi um dos filmes/livros mais vendidos dos últimos tempos, mas teve crítica negativa e não reconhecido.

    Enfim, voltando a Coreia.
    Um dia desses vi alguém dizer que Big Bang não é popular porque os meninos não vão à programas de idols, e que a Hani ( EXID ) era mais popular, wtf? Mas sim. Então, na minha opinão, ser popular é aparecer na mídia, ser reconhecido passa muito por sair do conforto, arriscar, tentar a cima de tudo atingir novos públicos, se não der certo de uma forma, da de outra.

    1. Thais Brenda

      Sobre GG, a maioria delas é reconhecida, tipo a Taeyeon, Tiffany e Seohyun, que são vocais principais, e a Yoona é famosa, mas eu não diria que reconhecida. Porque ela não tem muita coisa pelo que bater palma, além da aparência.
      E sobre o fora da música, de fato isso ocorre com quase tudo o que é vendido, principalmente para adolescentes. Mas devemos lembrar que Kpop e livros no estilo Amanhecer são feitos para o público jovem que não tem capacidade crítica tão amadurecida (nada exclusivo desse livro nem desse estilo musical). Então não precisa ser bom, só precisa ser ‘pegajoso’, e assim vai vender horrores. E claro, se não é bom, não vai receber críticas boas. Porque quem faz crítica de livro e filme, não é adolescente. Salvo blogs, mas eles não entram no meu comentário.

  9. Luan Cavalcanti

    Gostei da matéria, sempre tive dúvida nesse negócio de reconhecido e famoso e você explicou super bem. Só tenho algo a acrescentar: Sobre a fórmula perfeita de se construir uma boa carreira no kpop, há algumas exceções como a Ailee que mesmo depois de vazar as fotos nuas dela ela anda continua crescendo como artista e idol na coreia e também temos o caso do GG e a saída da Jessica, nada mudou pra o GG no quesito fama e reconhecimento depois q a ela saiu cof cof foi expulsa cof cof, mesmo esse assunto repercutindo até hj, já pra sica, infelizmente ela é odiada na coreia. :( Você concorda?

    1. Thais Brenda

      GG é um grupo absurdamente grade em questão de fama, então da pra segurar a pose mesmo com algum escândalo, como houve com Big Bang, mesmo com isso e aquilo de saia o grupo se mantém no topo, porque já está acima de certos escândalos.
      A Jéssica não é odiada na Coreia, muita gente ainda é fã dela. As pessoas é que costumam dar mais foco nos comentários ruins.

  10. Wonderful

    Acho que um ótimo exemplo são as Wonder Girls e Shinhwa. Atualmente podem não ser tão famosinhos, mas sempre serão reconhecidas como dois dos melhores grupos do gênero, não só na Ásia mas no mundo todo, sem contar que são pioneiros.

  11. Inês Brasil

    Um exemplo nítido disso é a CL E O 2NE1, dá meio que pra perceber que AQUI NO BRASIL, a fandom de KPOP, não é tão conectada a elas, como no resto do mundo, apesar de que fora, FORA DA FANDOM DE KPOP, CL E 2NE1 sem dúvidas são as mais populares, mais que GG E BIGBANG, afinal a única música foram GANGNAN STYLE que já passou no multishow, e que toca em baladas é I…AM THE BEST, porém a comunidade “kpopeira brasileira” não fala muito no grupo, você vê pelos concursos de covers, ou pelos canais de kpop no youtube. Apesar de que sem sombra de dúvidas vendo uma potência global: 2NE1 e CL são os melhores produtos pra música global, de toda a Coreia, a CL é incrível, é jovem é audaciosa, é fashion e it girl, tem atitude, rima bem, e tem uma voz incrível (o que falta em rappers como M.I.A, AZELIA BANKS, IGGY E NICKI MINAJ), visto que 60% do mainstrain americano não está ocupado por americanos, e sim por canadenses, australianos, britânicos e afins, porque não uma asiática reinar por lá? Ok podem falar de HYUNA? mas sério? KKK eu me pergunto como que ela é idol na COREIA, é… um projeto BRITNEY AMERICANA? Sem voz, forçada, exagerada, V U L G A R, rainha do playback fail. ENFIM, notando da pra ver que existem diferenças entre: PESSOAS QUE GOSTAM E CURTE POP/HIP HOP E SE INTERESSAM POR ALGUNS ÍDOLOS KORENOS E FÃS DE KPOP, sem dúvida alguém que é fã de KPOP preferia a infantilidade e “falta de sal” do GG, assim como eles lá não temperam arroz com sal, o grupo também é mortinho, não bateria de frente com um Fifht Armony.

  12. Chico Lopes

    Bom, é um assunto digamos…diferente mas como vocês tem suas opiniões eu queria muito saber disso vindo de vocês, sou uma ”pequena” garota que sonha bastante em debutar e vendo nesse post, eu preciso manter uma imagem muito boa sobre mim para ganhar reconhecimento mas (agora mudando de assunto hard) vocês acham que um girlgroup vai chegar em um nível de reconhecimento imenso, tipo um exo? eu fico me perguntando sempre isso, será que vale a pena fazer um esforço grande? Bom, desculpa a pergunta aleatória mas queria muito que alguém me respondesse isso, obrigada.

Poste o seu comentário