[Opinião] O lado negro do K-Pop

newsm

Nós sabemos que nem tudo são flores. Há coisas dentro do K-Pop que não são bonitas de ver e saber; e outras que é até melhor fingir que nem ouvimos. Hoje vim trazer um assunto que é tanto desagradável, mas é uma realidade; cabe a você querer continuar lendo ou não, até porque o que os olhos não veem o coração não sente. Hoje vou abordar a parte triste focando mais nos K-idols e nas coisas difíceis que eles tem que passar para chegar onde estão.

Manipulação da empresa e o baixo salário

Em qualquer indústria fonográfica, há problemas entre os artistas e as agências, sempre. A manipulação feita com os idols é imensa. Nem todas as empresas são assim, lógico, mas na grande maioria das vezes, eles não decidem nada sobre os trabalhos e apenas seguem as ordens daqueles que vestem terno e gravata. A opressão logicamente é muito maior com os girl groups. Por que? Simples, os países asiáticos ainda são muito patriarcais e machistas, então raramente vemos mulheres ou girl groups tomando decisões, compondo os seus trabalhos e participando ativamente dos álbuns – BoA, Jucy e LE são exemplos. Vale lembrar que isso só vem acontecendo de uns dois anos para cá, pois no começo do K-Pop os grupos eram completamente controlados e eram sujeitos à vários tipos de trabalhos “desagradáveis”.

Tratando-se dos salários, a Fau fez um texto só falando sobre salário dos idols, recomendo que leiam. Mas, para resumir: o quanto os nossos ídolos recebem para o quanto que eles trabalham não é proporcional. Se pensar bem, eles mesmos não devem se dar conta disso: as empresas bancam os dormitórios, comida, transporte, figurino, coreógrafos e tudo necessário para a sobrevivência deles. Então com o que os K-idols gastam o seu dinheiro? Supérfluos. Nós vemos eles comprando casas imensas em bairros nobres, com roupas e bolsas de grife, comendo do bom e do melhor e vivendo bem – mas isso apenas é possível porque eles não gastam com o que é realmente necessário: condomínio, super mercado, conta de luz e água, empregadas domésticas, etc.

Há K-Idols que realmente são ricos, sim, mas esses casos são poucos pois muitas vezes quem trabalha nos bastidores recebe mais do que os ídolos que estão lá na frente dando o seu melhor. Por exemplo: PSY compôs, escreveu e coreografou Gangnam Style, então ele ganhou a maioria do capital erguido com as vendas dos singles. O mesmo vai para artistas como G-Dragon e BoA. Entretando, grupos como SNSD ou SISTAR, que não participam de praticamente nada, ganham menos pois são responsáveis apenas pelas vozes e representação da obra.

Contratos escravos e a vida de trainee

bigstar

Antes de começar este tópico, queria explicar uma coisa: na Coreia do Sul, o estudo é muito, muito, muito importante e valorizado; então quando um adolescente decide largar a sua vida estudantil (que é o que acontece com quem torna-se trainee), ele está colocando-se em uma condição onde só há duas opções: dar certo ou dar certo. Sequer passa pela cabeça de pais sul-coreanos que o seu filho falhe em se tornar um k-idol, visto que abandonou os estudos para torna-se um.

Sim, a parte que todos sabem: a sofrida vida de trainee de um ídolo. Muitos ídolos começaram novos, com oito ou dez anos. Outros só entram com dezesseis. Mas o destino de todos é o mesmo: treinar e aprimorar habilidades até conhecer o limite da exaustão. Dança, canto, atuação, línguas estrangeiras, etiqueta… e nós nos perguntamos: “mesmo tendo todas essas aulas, por que ainda há ídolos que não tem habilidade nenhuma?”

Bem, para essa pergunta a única resposta que eu pensei fora a incompatibilidade da vida estudantil com o trainee: o treinamento nas empresas acontece o dia inteiro, então enquanto eles estão na escola já há treinamento acontecendo, o que os leva a faltá-los. Por isso muitos ídolos não tem todas as suas habilidades bem desenvolvidas e alguns deles também nem chegaram a se formar e abandonaram completamente a escola – como JongHyun do SHINee – para conseguir comparecer a todas as aulas dentro das empresas.

Mesmo que abandonem a escola, o período de trainee continua sendo difícil e é recheado de incertezas. Todos aqueles dançarinos de apoio que encontramos nos MVs são trainees e esperam debutar um dia (podemos ver G.NA no vídeo Change da HyunA e Yoseob em Wiping Tears do AJ como simples dançarinos) todavia nem todos conseguem. Há milhões de trainees, milhões de MVs e podem até ter centenas de grupos; mas a indústria musical só é uma, e nela nem todos são capazes de alcançar sucesso absurdo do jeito que apenas três ou quatro conseguem, entretanto é como todos sonham.

Mesmo com tudo isso, uma parte mais difícil da vida de um trainee pôde ser vista ano passado, com o escândalo da Open World Entertainment, onde um dos CEO’s, Jang Seok Woo, assediou trainees. Logicamente esse não é o único caso, deve haver muitos outros por aí, até mesmo de empresas grandes como YG ou CUBE. Entretanto, com a exposição desse acontecimento, tornou-se claro o que já era especulado.

Depois da sofrida vida de trainee, os ídolos encontram outro problema: os contratos escravos, ou slave contracts. Para quem não sabe, os contratos escravos consistem em contratos absurdos, com cerca de sete a onze anos de duração, onde o ídolo tem que fielmente segui-lo, e quebra do mesmo leva a danos enormes e pouca recompensa no final. Os contratos são chamados assim pois os ídolos realmente são tratados como objetos, onde a agência faz o que bem entende, e eles tendem a aceitar calados. Sabemos que é uma característica do povo coreano o trabalho árduo, mas não há necessidade de ser tão insano assim, com horas e horas de trabalho, com um salário não proporcional. Podemos ver esse exemplo na cisma que ocorreu com o TVXQ, e até hoje o JYJ sofre com a perda, tendo que lutar para conseguir aparição nos programas de variedades.

Vale a pena no final?

Uma pergunta que me faço há muito: vale a pena ser um K-Idol no final das contas?

Sinceramente, há mais contras do que prós. Quando se pensa na qualidade de vida do idol, eles mal dormem quando estão promovendo alguma música. Dirigem tanto a noite e de madrugada que de vez em quando vemos acidentes ocorrendo. Vale ressaltar que tornar-se ídolo é um caminho sem volta; um adolescente sul-coreano larga a vida escolar e arrisca. Muitos de nós devem pensar que eles têm sorte – mas quando as estatísticas são mostradas, é assustador o número de pessoas que tentam e não conseguem chegar ao patamar de debut. Enfim, procurei mostrar um pouco do que os ídolos passam para chegar onde estão, espero que tenham compreendido e gostado. Escrevam a sua opinião sobre o assunto, e se souber de mais uma coisa que pode ser considerada como “lado negro”, compartilhe-as nos comentários!

Beijos, até a próxima!

Sobre Bea

"Não é o bastante ver que um jardim é bonito sem ter que acreditar também que há fadas escondidas nele?" Recente Kpopper e completamente apaixonada por esse mundo. SONE e Shawol de coração.

There are 65 comments

  1. Ali

    ” deve haver muitos outros por aí, até mesmo de empresas grandes como YG ou CUBE.”

    Porque não botou SM ou JYP que são maiores que Cube mais ressaltou a YG.

  2. Paula

    Disso eu já tinha em mente. É muita pressão e é incrível como eles realmente conseguem isso! É por isso que admiro muito meus ídolos, eles são um exemplo pra mim de apesar dos contra-tempos nunca desistir do que realmente quer! É tanta pressão que um integrante do U-KISS até pensou em se suicidar quando não conseguiu entrar para uma empresa. JongHyun também disse que chorava quando era trainee. Eu fico cansada só de imaginar. Sem falar das proibições por parte da empresa. Os integrantes do BoyFriend por exemplo, não podem ter celulares e nem encontros. Até as meninas do 2ne1 também não podiam namorar. Outro lado, que considero “negro”, é o fato dos fãs serem muito poderosos e tudo que opinam a empresa leva em conta 100% e os Idols nem podem namorar. Muitos K-Idols também entram nesse mundo, por falta de dinheiro e até para conseguir meninas! Eles treinam muito mesmo, por mais de 12 horas. São aperfeiçoados por até 8 anos, ou quem sabe mais!! Mas eles tinham em mente isso quando escolheram seguir. E eu estarei apoiando-os sempre! Porque cada integrante e cada grupo tem uma história e isso faz a história do K-POP. Apesar de ser uma nova K-POPPER tenho em mente o quanto eles dedicam sua vida para isso e os amo acima de tudo <33

    1. Matheus

      Tô planejando virar trainee qnd fizer 18 anos (daqui 3 anos)meu sonho é virar um idol e vou dar tudo de mim e fazer oq for necessario p conseguir

  3. Emy

    Admito que o ” lado negro” do kpop é bem assustador, mas tenho vontade de conhecer esse mundo que não é nada fácil, sou jovem meu pensamento ainda está confuso tenho medo da rejeição mas quero tentar só que não consigo cantar nem na frente de meus familiares.Admiro a todos os K-Idols por terem coragem de seguirem seus sonhos e por até agora terem suportado(por eles , pelos familiares, pelos fãs… ) esses abusos por parte das empresas. Me desculpem pela minha história de vida.

    1. Camila Lírio Félix

      Esse também é meu sonho, encarar tudo isso pra tentar realizá-lo, colocar a minha cara á tapa, mais quer uma dica? Não tenha vergonha não. É melhor vc se mostrar, aprenda a ver a cara das pessoas quando vc mostra do q é capaz. Muitas se surpreendem e muitas quase tem um troço de tanto recalque… É bom sentir o gosto dos elogios, aplausos, e olhares encantados. Mesmo que um ou outro te julguem depois, o q vale é q VC sabe do q é capaz, e vc foi lá e mostrou. Se vc reconhece seu próprio talento, não desiste, e não tenha vergonha.

    2. Darla

      Esse também e meu sonho mas infelizmente sou bem tímida e nao consigo cantar em público…tenho medo de não gostarem da minha voz e medo tbm de ser rejeitada…😢

  4. Marcelle Moreira

    Merece um salva de palmas!!!!Texto mto bom! É uma verdade que muita gente não quer ver e que acontece com nossos queridos idols. Uma coisa que já aprendi desde que penetrei no mundo asiático é que eles são bem radicais msm, e fazem de tudo pra chegar lá, olha vários casos relacionados à saúde deles que sai por aí e isso que nós sabemos, pq deve ter cada coisa que essas empresas escondem que nós fãs não sabemos, pow mais do que justo eles tirarem o lucro deles, mas explorar é outro nível. Eles devem sofre mta pressão psicológica como trainee e acredito que ainda mais quando se tornam idols, acompanhando alguns programas de variedade reparei uma coisa, tipo mtas vezes eles parecem super cansados (até dormindo ou dando umas pescadas legais) ou vezes a maioria das vezes quando tem comida no pedaço eles comem como se tivesse um buraco no estômago, pra mim achava mó estranho poxa um idol come desse jeito….???Como assim, mas depois de um tempo fui entendendo que as vezes era nessas gravações de programas que eles tinha a chance de poder comer direito. Pra mim é mto triste isso, e acredito que isso tenha que mudar, mas acho bem difícil de acontecer, quem se cansa ou se rebela desses contratos escravos sempre saem perdendo, a empresa sempre põe a culpa neles ou os priva de fazer suas promoções (JYJ é um exemplo disso), isso é algo que deve mudar, pq adoro meu kpop e ver esse lado me deixa muito triste

  5. NanyMcPheeV

    Bom pra aguentar tudo isso e fazer sucesso, tem que amar mesmo o que faz. Então creio eu que não existem mais pessoas apaixonadas pelo seu trabalho que os idols .-.

  6. Dedo na Ferida

    para de chamar esse povo de “Idols” ou “Idolos”. Isso é banalizar demais a palavra ídolo. É igual a parada do eu te amo que virou bom dia.
    Ídolo é o cacete a quatro, são apenas cantores.

    1. Paat

      Você provavelmente não tem noção da cultura coreana, japonesa, chinesa e outras que usam a definição de idols na indústria do entretenimento. Idols e cantores são coisas completamente diferentes por lá. ;)

  7. Vivi

    Na Coreia, a rotina de trabalho geralmente é 14 horas por dia, além das horas extras não pagas. Treino de cantor é bem mais pesado fisicamente, mas mesmo assim, já é algo esperado de toda a sociedade coreana que trabalharem por muito tempo.

  8. Paat

    Uma vez troquei mensagens com um ex-trainee da JYP, bem famoso nas redes, Don Lee. E uma das coisas que ele mais falava quando desistiu era porque perdeu a “própria voz”. Abaixar a cabeça para a agência e aceitar o conceito que eles esperam que você assuma a partir do momento do debut, não poder dormir, comer, falar, fazer o que seja, seguindo a sua própria vontade… Eu realmente não conseguiria lol Mesmo que meu sonho fosse ser cantora/atriz, eu ainda iria preferir o caminho mais difícil de tentar conquistar espaço apenas como atriz/cantora do quê debutar como idol para ganhar nome :

  9. Mainã

    isso só me fez ver o quanto eles são merecedores de chegar onde chegaram, ao contrario daqui q é só postar vídeo no youtube e já faz sucesso. Um trabalho árduo, com mais baixos do que alto, e os admiro por seguir um sonho e carregar um fardo calado. Espero que isso mude, mas que continuem moldando talentos merecedores como os K-idol que temos hj, batalhadores como eles são. Agora mais do que nunca vou olhar o trabalhado de cada k-idol com outros olhos. Desejo toda coisa boa que á nesse mudo pra cada um deles e que sejam valorizados não só pelos fãs, mas por empresários tbm, pois humanos não são maquinas de dinheiro muito menos objetos.

    1. Júlia

      Realmente…
      Mas o lado bom de ”só postar vídeo no youtube e já faz sucesso” é que os Youtubers podem se expressar mais livremente, já os Idols não, exemplo com alguns idols que tem a pele não tão branca, são alvo fácil de criticas tantos dos fãs quanto de apresentadores(ou famosos), e eles não podem falar NADA(eu ja vi em varias entrevistas, os idols ficam até sem graça), eles apenas tem que sorrir, fingi que nada aconteceu, e continuar…
      É muito merecedor isso, mas não consigo olhar pra eles e dizer que ali( em maioria) é a personalidade deles, parece que a todo momento tem alguém segurando eles através de cordas(Marionetes) comandando tudo que eles tem que fazer.
      Amo MUITO o k-pop mais olhando esse lado da uma certa tristeza.

  10. Flower Power

    Uma vez alguém me perguntou sobre uma história que tinha escutado sobre a SM e esses lances todos… Vou mencionar o exemplo da minha superbias TaeYeon do SNSD… muita gente comentava que ela quase desistiu de debutar, e depois continuar no grupo, e eu sempre me questionava o porque… ah! agora já faço idéia…

  11. sl

    Nem tudo são flores e nem o kpop seria mas em qualquer lugar do mundo as agencias ou popularmente conhecidas como gravadoras é dessa forma que funciona se vc quer tem que ir ao limite da razão pra conseguir ou fazer coisas inemaginaveis q vc jamais pensou em fazer para chegar no famoso lá no apice do sucesso é triste eu sei mas a realidade é cruel e não um lindo jardim de flores

  12. Beatriz Zacharias

    Acho que quem gosta de k-pop pelo menos por uns meses já tem contato com isso… é uma indústria cruel, fria e gananciosa. O pior não é quem tem o sonho e não consegue e sim quem tá lá porque a família obriga e ou debuta ou nem volta pra casa… lógico que idol nenhum confirma, mas sempre rola em off umas histórias dessas.

  13. Mizzy

    Eu acho que vale SIM ser k-idol porque quem quer ser, segue seu sonho até o fim sem ligar para salário, sofrimento ou fato de ter que seguir um contrato (claro que, depois de muitos anos o sonho pode parecer meio sem graça, mas quem sonha, sonha fundo).
    Eu tenho o sonho de ser compositora e eu sei que compositores, assim como cantores, também passam por muito perrengue e ganham bem menos.
    Tenho amigos que querem ser treinees e quer saber? Eles já leram muuuitos textos como este e acreditam que o sonho é bem mais importante. Só o prazer de poder cantar já é incrível pra quem quer.
    Eu acredito que os idols sofrem sim mas, como diz aquele velho ditado de músicos, “tudo pela arte”.
    E eu acho que tem sim muuuita coisa por baixo dos panos nessas produtoras, mas vai haver coisas assim em qualquer lugar, em qualquer empresa, em qualquer emprego. Em QUALQUER emprego você vai ter que passar por perrengue, se esforçar e varar noites em claro.
    Não sei, mas só acho isso…

  14. Rie

    Amei o post, ficou perfeito. Mas no final das contas, acho que ser idol não vale a pena, além de ser explorado você começar lá de baixo pra chegar em um patamar como Super Junior, TVXQ, SNSD, BIG BANG entre muitos grupos famosos, não é nada fácil.
    So que é o sonho de muitos e por um sonho vale tudo. E mesma amo cantar e queria ser um cantora, mas né..é bem dificil aqui no Brasil e tudo isso.. Então no final das contas pra quem quer vale a pena.

  15. regina

    eu gostei de saber sobre o lado negro pois era um lado que eu não conhecia
    maz agra vejo que ficar anos sendo treinado desse jeito não e uma coisa boa e sim uma coisa ruim
    desculpe usar a palavra coisa maz e exatamente uma coisa o modo como eles são tratados

  16. Rei

    É natural que essas coisas aconteçam. O meio artístico, se tratando de qualquer área trabalhada ou lugar no mundo é muito cruel. Eu realmente quero trabalhar com arte por ser minha vocação. Sou do tipo que precisa de novos ares e pessoas para sobreviver, mas isso não quer dizer que eu não saiba de todos os riscos que corro. Para se tornar uma pessoa conhecida, todos fazem sacrifícios. No entanto, é preciso ter muito mais amor ao que você faz do que ao que ganha, porque a verdade é que sempre vão tirar mais e mais de você. Não é vantajoso. Como não acredito que uma “vida de rica” vá me fazer falta, posso lhe dar muito bem com o esforço. Fico feliz que tenha feito esse texto, pois algumas pessoas iludidas puderam ter uma noção de como as coisas realmente funcionam nesse meio, não só no mundo K-pop, mas em qualquer área que envolva fama.

  17. John

    Meu Deuss Que Post mais nada haver e ridiculo!!!~~não sabem nada mesmo e saem falando e postando um absurdo!! por favor vão estudar fazer outra coisa ~~ do que ficar postando coisas nada ver ~~ vcs não sabem como funciona as coisas lá!!!

  18. Kim

    concordo com o John ~ vcs não moram lá e nem sabe como funciona as coisas!!!~~ os K-idol ganham um salario altissimo da gravadora deles ~fora o patrocinio de outras empresas…os K-idols ganham super bem não são salarios comparados com as das estrelas do pop americano mais da para viver super bem!!!

  19. Andy

    Cara, absurdo. Mas sinceramente, eu vou continuar gostando de Kpop independente disso. Apenas aprendi que nem tudo são flores, nesse post. Então é por isso msm que quem curte deve valorizar :D

  20. J

    Mas quando se trabalha, você também fica dias sem dormir ou comer pra se terminar um relatorio, seu salário é ruim pra quanto você esforça, e diferentemente dos Idols, funcionários qualquer não recebe nenhum reconhecimento e nenhuma admiração.

  21. Rai Nayumi

    Não sei muito bem oque dizer, mas acho que isso acontece muito no meio musical, não só na Coréia em qualquer lugar do mundo que exiga muito dos artistas, porque o mercado musical realmente é muito competitivo! Eu realmente amo kpop, mas só pelo os grupos, pelas musicas e tbm por cada cantor, porque vejo que muito deles tem coração bom e que são feliz por amarem o que faz, exemplo deles é o Taeyang, eu vejo na cara dele que ele realmente ama oque faz e o tanto que ele é feliz! Mas pelas empresas eu to pouco me lixando, só oque resta é torcer muito por cada um deles realizarem seus sonhos e serem felizes de verdade. As vezes pra chegar aonde você deseja é preciso batalhar e sofrer, pois os melhores resultados vem depois!!!

  22. Jennifer Damasceno Cejas

    Tipo é igual o Japão,apesar que eu acho que o Japão é o pior ,os J-Idols precisam ser fieis ao os fãns , “virgens”não terem nenhuma relação sexual,se ter…VISH MARIA FERROU PRA PESSOA!!!
    Por exemplo a pessoa fica mô depremida ,ela precisa sair do grupo ou toma as conseqüência, perde fãns tem casos que nega ou nego se mata 😕Isso é muito triste😯😯

  23. Camila Kook

    e vdd eles sofrem muito msm so para agradar nois.
    e tipo o suga ele fo espulsso de casa pq queria ser cantor vendia suas musica que nao dava nem 10 wons e foda

  24. Vih 💞

    Parabéns pelo texto !! Muito bem elaborado , deu para entender bastante . Eu admiro muito eles , apesar de tudo , eu acho que vale a pena . Muitos podem estar ali por dinheiro , fama ou qualquer outro motivo , mas acredito que muitos estão ali porquê tem o sonho de ser um cantor (a) , eu acho que as empresas que administram os grupos , cantores solos , atores e etc . deveriam dar um pouco mais de liberdade , poxa !! Eles trabalham duro , se empenham para entregar um bom resultado , todo mundo precisa de uma válvula de escape. Também concordo com o comentário que li que dizia que a empresa não divia levar a opinião dos fãs 100% a sério , sim !! É para eles que as músicas , as atuações , as danças e etc são produzidas , então , é os fãs tem que gostar para eles lucrarem , mas eu acho que eles esquecem que os idols são seres humanos não robôs , seres humanos tem limites , necessidades . Bom , hoje em dia estamos sempre informados sobre tudo , e não é diferente em relação ao mundo do entreterimento coreano , há vários sites que nós informam sobre várias coisas , há também relatos ( ainda que poucos ) sobre a vida deles , que quiser se aventurar nesse mundo está ciente do que o espera . Conserta tem um objetivo , seja lá qual for . Eu só desejo força e coragem , que se esse for o sonho dá pessoa , não desistir porque devemos sempre correr atrás dos nossos sonhos para realizamos . Queria viver um dia na pele deles para realmente entender o que eles passam . Só vivendo o que a pessoa vive , que , realmente você entendi como ela se sente . O quê tenho a fazer é admirar seu trabalho e apoia-los , aliás não vivemos o que eles viveram para estar no lugar que estão.

  25. Rejane Moreira

    Pensolarado o mesmo. Não consigo apenas ve-los e achar tudo incrível e lindo. NÃO! Fiço pensativa sobre todos eles. Os tipos de torturas que enfrentam constantemente.

  26. Ze

    Fala serio… que lixo de materia. Os caras são obrigados a estarem la ? Se sacrificam pelo sonho… Lixo de materia… Um jogador de futebol tambem se mata de treinar, abandona a escola e tal.., e a maioria se lasca… LIXO DE REDACAO!

  27. Andy

    Também acho que é muito trabalho pra pouca remuneração…BTS por exemplo, é um grupo que faz sucesso no mundo todo e sempre que rolam vídeos perguntando o que eles acham que serão ou querem ser daqui dez anos eles dizem: um cantor “RICO”. Eu fico: como assim?! Já fizeram show em todos os continentes, vários países, vários programas de tv, rádio e etc…como assim em quase 4 anos de carreira ainda não são ricos???!!! É um mundo paralelo comparado ao que vemos sobre Justin Bieber, Selena, Demi e tantos outros que começaram jovens a carreira, temos exemplos até aqui dentro do país tbm. Muitos cantores brasileiros que não s nem conhecidos no país todo mas já são riquissimos, é muito surreal pensar que eles lutam e fazem tanto e ganham pouco comparado aos esforços deles.

  28. Anderson Luna

    Acho que existe outro lado negro : Que é o caso dos Idols estrangeiros que na minha opinião sofrem mais pois eles ficam um período gigante sem ver os pais como aconteceu com o ex -integrante do EXO. Kris wu que ficou 7 ou 8 anos sem ver os pais e o tratamento diferenciado que recebem pois é óbvio que o foco da indústria musical coreana é os integrantes coreanos. Kris wu saiu do EXO por causa disso

Poste o seu comentário