[Opinião] K-Pop e o grande problema dos Anti-fãs.

fp87EL24

Olá pessoal, como vão vocês? já estamos na terça, o dia mais whatever da semana, que também é dia de coluna nova! na coluna dessa semana eu vou falar de um problema que infelizmente assombra o mundo K-Pop o tempo todo: o ódio dos anti-fãs. Como as mesmas pessoas que verdadeiramente amam seus ídolos, odeiam tanto outros? Vamos lá.

Vocês provavelmente já conhecem as fandoms do K-Pop, não só conhecem como também participam, certo? Certo. Tem as mais populares que são as: Cassiopeia, Sone, ELF, VIP, A+, Shawols, e etc, que são também as mais populares em anti-fãs. Como tudo que envolve fanatismo, também envolve disputa, as fandoms acabam virando verdadeiras inimigas umas para as outras.  Algumas acham que seus K-Idols precisam ser melhores que os outros, e por isso a disputa entre elas. Os fãs são capazes de matar ou morrer pelos seus ídolos, e não medem força quando querem defender seus nomes, mas acontece que todo esse amor acaba virando hostilidade.

São muitos os acontecimentos patrocinados pelo ódio alheio no cenário do K-Pop, mas vamos destacar alguns: Tem o caso clássico do Black Ocean, um evento bem triste que aconteceu há 4 anos com as meninas do Girls Generation, em 2008, onde o público do Dream Concert, simplesmente se calou, sem esboçar nenhuma reação alegre, quando as meninas se apresentaram. O nome “Black Ocean” é justamente porque ao contrário dos shows, a platéia estava escura, quase sem nenhum bastão de luz aceso, com exceção dos sones, claro. Alguns acederam os bastões só para fazerem X, como sinal de negatividade.

Black Ocean em 2008

Imagem de Amostra do You Tube

Para quem não sabe o que aconteceu, foi o seguinte: geralmente as vendas de ingressos online são feitas por blocos de fandoms, pra ficar mais organizado, e foi o que aconteceu no Dream Concert. O problema foi que Girls Generation só havia recebido dois blocos, e teve outros grupos que receberam mais de 10. Os sones muito revoltados com isso, invadiram outros blocos, rasgaram cartazes de outros grupos, pintaram o terror no evento. Obviamente as outras fandoms se sentiram atingidas, e como forma de protesto puniram as meninas do Girls Generation com o Black Ocean. Mas há quem diga que não foi exatamente isso que provocou o protesto, alguns contam que a culpa pelo desentendimento foi devido a comentários negativos que as meninas fizeram em relação a integrantes de outros grupos. Contudo, essa desavença não parou por ali, muito pelo contrário, naquele ano surgiu um dos maiores grupos anti-fãs do K-Pop, e por isso as Soshi tem tantos haters.

Há vários grupos anti-fãs, de vários K-Idols, que se reúnem para xingar e denegrir suas imagens de todas as formas possíveis, muitos até dedicam suas vidas para buscar jeitos de prejudicar esses ídolos, como os anti-fãs sasaengs: para quem não sabe, sasaeng são fãs que perseguem seus ídolos de forma doentia. Pois então, existem esses sasaengs que ao invés de perseguirem para está perto deles, perseguem para prejudicá-los, e até feri-los. Pode parecer loucura, e com certeza é, mas existem casos sérios de ataques contra K-Idols por esses anti-fãs.

 K-Idols

Um dos casos mais absurdos de ataque anti-fã foi o que aconteceu com a atualmente atriz coreana, Yoon Eun Hye. Na época, ela debutava em um antigo grupo coreano, chamado Baby V.O.X., quando um anti-fã atirou contra seus olhos com uma pistola de água, uma mistura com vinagre e molho de soja, a fim de cegá-la, prejudicando suas córneas.

Porém, esse não é o único caso grave de ataque anti-fã, aconteceu também com Yunho do TVXQ. Ele recebeu um suco de laranja de um suposto fã que continha cola e pedaços de vidro, e teve que ser hospitalizado. Outra vítima dessas atrocidades foi o ex-integrante do Super Junior, Han Geng, que enquanto trabalhava na Coréia do Sul recebeu ameaças de morte, comida envenenada, e até bebidas com ácido sulfúrico.

Existem muito ódio doentio de pessoas que os K-Idols precisam enfrentar em suas vidas, mas se analisarmos, vindo de lá não é tão absurdo. Pense bem: pessoas que são capazes de dedicar todo o seu tempo a um ídolo, a conhecê-lo, persegui-lo, saber de tudo da sua vida, e querer de qualquer forma participar dela, é bem capaz de odiar, e dedicar todo o seu tempo a prejudicar também. É uma problemática bem mais séria do que simples “malucos” ou “desocupados”, isso já parte pro lado psicológico. Eu não falo daqueles que não gostam de um grupo, ou ídolo, e o xingam quando falam o que pensam deles, isso todo mundo faz, é normal, mas passar a desejar o mal de alguém com o qual você nem convive, que muito provavelmente não sabe da sua existência, é um problema.

Infelizmente na Coréia do Sul, não basta que os K-Idols precisem conviver com fãs fanáticos e esquisitos que mandam cartas escritas com o próprio sangue, eles precisam conviver com o fato de terem anti-fãs que desejam seu mal. Não é só carinho que eles recebem, há também muita hostilidade, como alguns ídolos que relataram já terem sido agredidos com objetos enquanto estavam em lugares públicos. Já houve até um caso de anti-fãs se juntarem pra comprar um significativo número de ingressos de uma apresentação do TVXQ, para que o estádio ficasse vazio.

Há também aqueles anti-fãs entre os fãs, isto é, fãs de algum grupo que odeiam alguma integrante. Parece estranho, mas existe. Como por exemplo, no fandom 4NIA, alguns odeiam a Hyuna por a acharem vulgar. No fandom Sone, alguns odeiam a Hyoyeon por considerá-la feia. No fandom  Queen, alguns odeiam a  Jiyeon por achar que ela foi a culpada do escândalo de Bullying, entre outros casos. E isso vai de xingar até pedir a agência que retire esse integrante do grupo.

Anti K-Pop

Porém os anti-fãs não se resumem em fãs de K-Pop que odeiam algum grupo, ou algum integrante do grupo, e afins. Há também os anti-fãs do K-Pop em si, ou seja, aqueles que odeiam o estilo, e quem dele participa. Com certeza você já deve ter ouvido comentário como “nossa, como você pode gostar disso?”, “credo, não entendo nada” ou “é todo mundo igual, qual é a graça?”, pessoas que mal conhecem, ou não conhecem, porém tem um aversão pelo K-Pop. Isso é comum porque a gente costuma evitar o desconhecido, é um fato, mas se torna doentio quando o “não gostar” se transforma em “odiar”.

Não curtir, a gente não curti muita coisa, eu por exemplo, não curto funk, sertanejo e brega. Mas isso não provoca em mim ódio por quem promove esse estilo, e por quem gosta. Rótulos pejorativos como “quem gosta de K-Pop é bicha” ou “só retardado escuta isso” é muito mais comum do que vocês imaginam. Eu tenho alguns amigos homens que também gostam de K-Pop, e já me contaram que ouvem esse tipo de coisa, como se orientação sexual tivesse relação com estilo de música, ou meio de vida. Esses haters também costumam ofender os próprios K-Idols, chamam os meninos de gays por serem mais femininos que o comum (para nós), ou as meninas de oferecidas por executarem coreografias mais sensuais. Como por exemplo, um dia eu tava assistindo um clipe do grupo Sistar no meu celular, e um garoto comentou “é tudo p*ta”, quando o viu. Como se desse para saber, apenas pelas roupas e dança, quando alguém é promiscua ou não. As pessoas têm disso, gostam de expressar sua opinião, mesmo se ela for vazia em argumentos, e não se importam em serem maldosos e odiosos, contanto que sejam vistos e ouvidos.

O porquê de pessoas sentirem um sentimento tão negativo por alguém a gente nunca vai entender, até porque é bem complicado, mas eu realmente acredito que a raiz desse problema é a autoestima, assim como a de outros sentimentos como inveja. Pode parecer desconexo, mas a insegurança com nós mesmo é capaz de provocar sentimentos ruins com quem aparenta ser ou fazer “melhor”, mesmo que esse nunca tenha nos feito algum mal. Contudo, isso exige uma análise mais profunda, ou seja, chata. Então ficamos por aqui.

Bom, por essa semana é só, sintam-se a vontade para pedir algum tema que vocês sempre quiseram saber mais. Mas antes, me contem, já conheceram alguém que chegou a odiar um grupo ou ídolo?

There are 49 comments

  1. Filipe Colucci

    Nossa não sabia de várias coisas ‘–‘ ,Meu deus o Black Ocean Mesmo marco as SNSD tadinhas :x
    Enfim,acho isso ridiculo no fato de questão de chamar o Bias de Gay acho que e brincadeira de alguns fãns obvio eu acredito que tenham sim K-Idol’s gays e sim a Minoria,mais não vamos ficar julgando todos so por isso,o Seu Post foi Otimo
    Tenho medo de Fãns Sanseng kkkkkk

  2. Eduarda Fernandes

    Baby, lhe digo, poste também em complemento uma analise feita por psicologos pros k-poppers, lá eles dizem que temos o amor mais puro e verdadeiro desse mundo… Dá até vontade de chorar.
    Ah, só mais uma coisa, como futura psicologa, analisar não é chato, analisar é achar o “x” da questão. Só uma dica, porque saiu um pouco ofensivo.
    Enfim, gostei da matéria, chu ~

    1. Fau

      Poxa, Eduarda, desculpa se te ofendi, só estava descontraindo, na verdade eu não analisei porque isso renderia bastante conteúdo, e poderia cansar os leitores, também por eu não ser psicologa como você e não ter fundamentos para analisar qualquer questão psicológica, beijo no coração.

  3. OrangeC.

    Em muitas coisas eu acho errado no fanatismo que é os fãs de k-pop coreanos OU NAO tem!! Fazer o mal por alguem que mal conhece, nem sabe o que passou, tantos e tantos anos de treinamento para irem fazer um black Ocean ou jogar vinagre no seu olho!! Se uma pessoa dessa ja faz isso com um idolo ela pode muito bem fazer com alguem que ela nao goste na sua escola, trabalhos etc…

    Eu nao posso dizer que nao gosto de um certo idol por que tem uns que me irritam mas eu nao fico xingando ou arranjando briga com o fandom!! Reclamar com sua melhor amiga e xingar tudo bem, agr nao vai alem disso, minha vida segue como sempre!! Eu conheço pessoas que nao gostam do que eu escuto, e acham muito babaca!!

    Eu cinceramente nao ligo se disserem alguma coisa de kpop ou dos meus BIAS pois eu sei que isso nao leva a lugar algum, eu continuarei amando-os independentemente da outra pessoa gostar ou nao!!

  4. Guest

    Eu, sinceramente, acho o fanatismo errado (como cristã) Mas eu amo Kpop, e amo os fandoms que eu participo, mas não chego a atrocidades como essas, sejam elas para um fim bom ou ruim. Sou uma kpopper equilibrada apesar de tudo…

  5. Elizabeth

    Muito boa a matéria, sério. Isso abre os olhos das pessoas pro que tá acontecendo. Mas só achei que faltou citar o Only13, que como todos sabem são os haters do Henry e do ZhouMi, e todas as coisas que o Only13 fez para impedi-los de entrar/tirá-los do grupo.

  6. Mei Miyaki

    Eu, sinceramente, acho o fanatismo errado (como cristã) Mas eu amo Kpop, e amo os fandoms que eu participo, mas não chego a atrocidades como essas, sejam elas para um fim bom ou ruim. Sou uma kpopper equilibrada apesar de tudo….

  7. Cássio

    Nossa sei lá, acho que alguns ídolos k-pop são GAYS, mas não tem coragem de assumir ou são pressionados pelos fãs e principalmente pela agência, isso ocorre no mundo todo, esperam se estabilizarem e depois revelam, mas no k-pop é tão forte o sentimento pelos ídolos que não aceitam de forma alguma, acho um ponto negativo isto, fazer algo forçado não é lá uma bela coisa!

  8. Jennifer

    Muito boa a sua matéria!
    Sasaengs são tensos…eu não acredito que tiveram a coragem de fazer tal coisa com os pobres ídolos. D:
    Eu, por exemplo, sou ELF de paixão, e não gosto muito do SiWon, mas nem por isso eu daria um suco com cola ácido e vidro pra ele beber. Essas pessoas tem problema, só pode!

    Isso de K-popper homem ser gay é piada velha. Somos sempre obrigados a aguentar esses comentários sem cabimentos. Aigoo~~ E as louças desse pessoal? Cadê? /parei.

  9. Shawol's

    Sinceramente,eu confesso que já fiz questão de ser rival de vários outros fandoms,sim,eles já ofenderam meu idol favorito e eu simplesmente pensei em revidar,hoje eu vejo que eu fiz muito errado.

    Kpoppers sempre reclamam da falta de respeito para com eles,mais quem vai respeitá-los se nem eles mesmos se dão ao respeito. Deveríamos ser um dos fandoms mais unidos pelo motivo que citei em cima,e tudo que fazemos e brigar e brigar.

    Acho que o tempo que passamos brigando poderiamos nos juntar e fazer inumeras coisas sobre kpop JUNTOS,mais por causa dessa briga besta nada disso acontece,e ai que nós não nos diferenciamos muitos de rockeiros ou fãs de “Modinhas”(Apesar de não ter preconceito,não aprovo as atitudes deles).

  10. Vith

    Amei a matéria!
    Mas apesar do Black Ocean ter sido um marco muito triste na carreira das SNSD,foi importante para que alguns fãs percebessem o quão desnecessária foi a atitude de rasgar cartazes e criticar outros grupos.Não estou defendendo os que fizeram o Black Ocean,longe disso.O que quero dizer é que mesmo sendo negativo,já que as meninas do Girls Generation não tiveram nada a ver com isso,foi preciso pra que alguns percebessem que a obsessão tem um limite.

    Uma ideia para próxima matéria,se me permite claro,é que já que escreveu sobre o ódio em excesso,escreva outra sobre amor em excesso.Só uma ideia! KKKKKKKKKKKK Parabéns linda!
    Beijocas

    1. Mαriαnα Peixoto

      Fãs não rasgaram cartazes, foi confirmado que foram os seguranças tentando abrir mais espaço e quanto ao criticar tem em todo grupo, como fora dos grupos também. Criticar e brigar são duas coisas diferentes, eu acho que todo mundo deveria ter essa noção.

  11. Jade ~

    Muito boa a matéria ~~
    Sobre os fãs que gostam de um grupo mas odeiam um integrante, bem conheço muita gente assim. Acho que para se considerar fã de um grupo e preciso gostar do conjunto todo, e não so de alguns, e muita gente odeia um integrante pela voz ou qualquer outra coisa boba, pra mim isso não e fã e sim alguém que escuta as musicas e não intende o quão importante e todos os integrantes. E também sobre as piadas com os k-poppers, acho que as pessoas tem que escutar o que se sentem bem, eu gosto de kpop mas não odeio quem gosta de outro estilo, piadas como “Eu não intendo nada” são muito comuns, mas se eu escutasse uma musica em ingles tambem não intenderia.

  12. Aninha

    Oi, seu texto em si ficou muito bom, mas só uma dica, antes de publicar pede pra alguém revisar, pra evitar os erros de concordância que passam despercebidos. Tirando isso, parabéns pela iniciativa de trazer esses questionamentos. :D

  13. ... West Gean ...

    Matéria excelente, eu gosto de alguns grupos de k-pop e os q eu ñ gosto axo q é porque ñ vi ainda! XD as vezes eu tento compreender o que se passa na cabeça de algumas pessoas, mas as vezes eu fico chocado com o quão longe vai uma pessoa por besteira ou por nada.

  14. Megumi

    Gostei muito deste post (:
    Realmente acho que não deviam de faze o Black Ocean, porque sinceramente é uma falta de respeito perante aqueles que trabalharam duro durante anos para poder ter uma oportunidade de debutar. Para além disso, fiquei mais informada sobre os anti-fãs e maioria do que a Fau disse acontece (incluindo o que os outros acham sobre o K-pop). Concordo contigo, as pessoas têm medo do desconhecido, mas por favor, estamos em pleno século XXI, tempo de “abrir a mente” para tudo.

  15. Li

    Sempre ouço que tenho gosto estranho pq gosto de Kpop e de orientais, e tbm ouço muito que eles tem tudo cara igual. Ai, eu ficou meio O.o !!!!!

    Mas é muito gratificante, quando conseguimos fazer uma dessas pessoas gostarem de Kpop. Tenho uma amiga que sempre dizia que “coreano tem tudo cara igual, não sei como vc gosta”.E agora ela é fã do EXO (ela ama o Kai :3 ) e adora o Sungha Jung.

    E o mais legal, e que ela vive falando em irmos na Coréia ver show deles, hahahahah.

    Coisas desse tipo, me deixam muito feliz, mas é fato que nem todo mudam esse pré conceitos :/

  16. Loy

    Vale ressaltar também, que assim como não gostamos que desprezem nossos idolos, não devemos desprezar os dos outros também, mesmo fora do kpop, como One Direction por exemplo, vejo muito kpoppers xingando eles e dps vem reclamar que estão xingando os vossos idolos, isso é muito contraditório

  17. Mαriαnα Peixoto

    As informações sobre o black ocean estão erradas, eu lembro que assisti a uma reportagem do mnet em que eles pesquisaram realmente sobre “o terror dos sones” que os outros fandoms estavam dizendo ter acontecido e foi comprovado que era mentira. Além do mais eles perguntaram a fãs de outros fandoms o que elas achavam de snsd e elas disseram coisas do tipo “elas parecem estar tentando seduzir todo mundo” e enfim, concluindo, foi apenas um atividade egoísta de uma sociedade machista e cheia de gente alienada. Para quem quiser assistir: http://www.youtube.com/watch?v=2ZxbWvDavvg

    1. sleepy_snorlax

      Sim, o vídeo realmente afirmava que as fotos eram manipuladas ou não eram relacionadas ao evento. O que faz muito sentido, já que é muito fácil você pegar uma foto qualquer de alguém num hospital e depois dizer que a pessoa apanhou durante o show (mesmo que seja uma foto de uma pessoa internada por ter quebrado a perna andando de skate, por exemplo).

      Sobre as frases dos outros fandoms durante o vídeo, todos eles afirmavam ter raiva do SNSD. Mas não acredito que o relato de meia dúzia de pessoas vá representar a opinião geral de um fandom. Mas no caso do Dream Concert, parece que essa raiva pelo SNSD foi o que reinou, resultando no Black Ocean.

      E sobre as informações, não entendi o que você disse que estava errado. Em nenhum momento a autora falou sobre SONEs com facas ou de pessoas em hospitais.

      Ela até cita “Mas há quem diga que não foi exatamente isso que provocou o protesto, alguns contam que a culpa pelo desentendimento foi devido a comentários negativos que as meninas fizeram em relação a integrantes de outros grupos “, que é exatamente o que o vídeo da MNET diz. Claro que esses comentários negativos não eram realmente negativos, mas sim brincadeiras entra elas e seus oppas que foram vistas com maus olhos por fãs mais loucos.

      Que houve confusão, houve. Mas segundo os organizadores, nada de agressão física como estava sendo descrito por muitos fãs.

      O que eu imagino que tenha acontecido (novamente, imagino) após ler muito sobre o assunto, é que os SONEs tenham comprado ingressos em áreas que não eram destinadas a eles, e que, somando isso com o fato de algumas pessoas de outros fandom não irem com a cara do grupo, resultou na confusão.

      Mas claro que muitos fãs loucos aumentam e exageram os fatos, pra tentar prejudicar o grupo.

      Acho que a questão maior aqui, é que nós não temos informações suficientes (e parece que nem mesmo os coreanos tem) sobre o que realmente aconteceu no show. Até mesmo a matéria da MNET não chegou a uma conclusão satisfatória. A quantidade absurda de boatos ou relatos exagerados rolando por aí acabaram com qualquer chance de apurar os fatos com precisão.

      Na minha opinião, houve erros de várias partes: tanto dos SONEs, que supostamente compraram ingressos de áreas que não eram deles, quanto dos outros fandoms, que decidiram punir o grupo por algo feito pelos fãs, não pelo SNSD. E se realmente tudo isso foi feito apenas por raiva do grupo por terem brincado com seus oppas, aí chega a ser meio doentio.

      O importante é saber que, independente do que fãs de diferentes fandoms tenham feito por lá nessa data, nós não temos nada a ver com isso. Curta o seu grupo predileto sem ficar ligando se o fandom coreano fez besteira no passado ou não. Isso é problema deles.

      Ah, pra quem quiser assistir, é esse aqui o vídeo da Mnet (com legendas em inglês): http://www.youtube.com/watch?v=2ZxbWvDavvg&

      1. Mαriαnα Peixoto

        eu não tinha lido o resto do texto, mas estava me referindo ao “Os sones […] pintaram o terror no evento. ” Eu não acho que seja o termo devido para um simples empurra-empurra, que aliás não foi só criado por sones mas por muita gente tentando entrar ao mesmo tempo (também porque deveriam ter apenas 35000 pessoas, mas foram vendidos 50000 ingressos). Eu tinha colocado o mesmo link no comentário, mas sobre o que você disse de ‘nem os coreanos saberem’, eu não achei a pesquisa da mnet inconclusiva – talvez porque eu tenha pesquisado muito antes de ver a matéria -, eu acho que eles terminaram muito bem com a citação do Shin Hae Cheol sobre ter sido um ato totalmente desnecessário de um grupo de pessoas não civilizadas e de baixa classe.

  18. Dayany de Sousa

    Achei a sua matéria super válida e muito bem escrita, afinal falar das coisas boas e do grande amor que os coreanos dão aos seus astros é comum e essas atitudes abusivas sempre passam mais despercebidas. Na minha opinião esse super amor que eles dão aos astros são doentio e temos que parar de achar bonitinho e invejar o suporte que eles dão, afinal se eles não amassem tantos seus idols eles não odiariam os idols dos outros. Tudo tem que ser equilibrado e não em excesso.

  19. Milene Lima

    É muito normal não gostar de algum integrante de um grupo, mas dai a começar a perseguir e odiar a pessoa já é demais.
    Quem faz isso é totalmente sem noção, pois isso é uma atitude ridicula, eu não gosto de algumas pessoas de certos grupos, mas nem por isso eu fico “Fuzilando ” as pessoas mentalmente.
    eu só acho que esse povo que fica perseguindo Idol não tem muito o que fazer da vida,,,,-_-‘

  20. Camila Fernandes

    Nossa esse povo não tem o que fazer não? Fala serio.
    Eu gosto muito do super Junior, mas nem por isso tento de alguma forma prejudicar os outros grupos, não tenho tempo nem para prestigiar-los quanto mais prejudicar os outros. Sem falar como o povo pode fazendo essas maldades com as pessoas, sem não gosta tudo bem, mas agir dessa forma.
    Eu não curto funk e nem por isso tentei fazer algo com eles.

  21. Andressa

    Como sempre ótimas matérias….adorei!!Sempre fico de cara com esses anti-fãs e o q eles fazem,deveriam se tratar isso sim!!Sou E.L.F de coração e acho um absurdo o que fazem/fizeram pro ZhouMi e o Henry…são adoráveis,mas claro é mais fácil atingir do que apoia-los não com eles mas com varios outro idols.Assim como outros tem idol’s q não gosto muito mas nem por isso vou da uma de louca pra cima deles…e prejudica-los.

  22. MahyunJoah

    é verdade é muito chato isso,mas o que é mais comum é no super junior como as ELFS que são Only13 que só gosta do resto de alguns sujus mas que deixa Henry e Zhoumi como se os 2 não existisse e tambem podia citar sobre a GAIN(do BEG) sei lá mas as pessoas são muito machistas,essas pessoas tem que aprender a respeitar os estilos que aquela pessoa gosta.

  23. Bruna

    e o caso do dal shabet? deveriam ter colocado, foi mais chocante que o de snsd no dream concert, pra quem não sabe, por causa de uma performance com o b1a4 se juntaram contra um membro do dal shabet (nao me recordo qual) so porque acharam que ela se esfregou em algum menino do b1a4 e falaram que ela “tirou a santidade dele” além de terem feito varios abaixo assinados pra ela se matar, tambem teve no começo do grupo a pressão que elas sofreram só porque netizens achavam a serri parecida com a sunye das wonder girls e a jessica do snsd e sendo parecida com uma delas ela queria “roubar” a fama das duas, que são bem conhecidas, sinceramente esse caso me chocou, procurem por ai, deveria ter tido destaque já que dal shabet tem sido atingido FORTEMENTE desde o debut

  24. Lizah Araujo

    Amei a matéria!

    E tenho uma coisa a dizer, esse povo que xinga, humilha os k-idols ou quem curte k-pop, isso é muito ridículo e infantil. Ainda bem que ninguém chegou pra mim e falou algo negativo.
    Mas, parabéns :3

  25. herika

    Essa história de que as meninas falaram mal de outras nunca ouvi falar , isso nunca existiu …. agora é certo que rolou pancadaria por parte dos sones porque deram poucos ingressos pra eles .. no mas achei ótima sua matéria .

  26. Fexcoeur

    Eu nunca escultei comentários assim, já que sou bem calada, mais um amigo já me julgou por isso. Aliás, queria até uma matéria sobre as posições dos membros do grupo, sou curiosa p saber mais, ehhe.

  27. L.O./.E

    Se alguém da minha escola xinga meu Nu’Est eu simplesmente digo : “vai lá e faz melhor, aposto que fica babando aí quero ter a fama e o dinheiro deles”.

  28. Steh

    Fau, eu amei essa materia, serio <3
    Tocou em um ponto em que deveriamos todos colocar a mão na consciencia e refletir <3
    É realmente triste saber que o tanto de amor que alguns dão, muitas vzes são cobertos pelo tanto de ódio que outros vem a dar </3
    Faça um post sobre o poder abusivo que as empresas tem dos k-idols em questao de relacionamentos, por favor? Obrigada
    Beijos da nova fã desse sit <3

Poste o seu comentário