[OPINIÃO] Conceitos e estilos do K-Pop através do tempo

Oii! Eu voltei e dessa vez eu fiz um post falando sobre os estilos musicais e conceitos que fizeram o K-pop desde o “início” até hoje em dia!

Só pra deixar claro, esse post não é nenhuma enciclopédia nem nada assim, é só um resumão sobre o assunto e também, não sou nenhum “hater” da SM Entertainment ok? Só que muitos dos grupos de K-pop que saíram de lá não fizeram sucesso!

Obs: Eu escrevi esse post depois de pesquisar a fundo sobre K-Pop, “estudar” e analisar tin tin por tin tin, por isso usei a minha criatividade pra explicar da melhor forma possível a história do “cápope”, ok?!

Então chega de enrolação e taca-lhe pau nesse carinho Marcos!

Anos 90

O início do K-pop é bem misturado com a música coreana dos anos 90! Quase não dá pra diferenciar, porém, a partir mais ou menos da metade da década, a música começou a se diferenciar e grupos começaram a surgir, como por exemplo o Turbo e o S.E.S.!

Nessa época era moda na Coréia uma espécie de música eletrônica que “lembra” muito as músicas internacionais da época, com um pouco de atraso em comparação ao pop do final dos anos 90 e com o diferencial coreano é claro! Vai aí uns exemplos!

Foi nessa época também que surgiram grandes nomes do K-Pop como o Sr. JYP, o Sr. YG e o Sr. SM e também foi quando o R&B coreano tomou força!

god é o meu favorito! huehue

2000-2005

Entre 2000 e 2005 surgiram e desapareceram tantos grupos de K-pop que fica difícil de encontrar alguns! Volta e meia acabo descobrindo um grupo dessa época que estava mega escondido na internet! huehue

No início do século o K-pop, pelo que eu compreendi, adquiriu dois tons! Um pesado e mais eletrônico/dançante e outro mais romântico e leve!

Tom Romântico ♥

Vários grupos tinham como conceito o tom mais romântico e coreano de ser, por exemplo:

K.I.S.S ⇑ (da SM)

Por mais que esse grupo não tenha feito um mega sucesso como alguns outros da Sm, as pessoas ainda lembram dele!

Tom Pesado ♠

Esse foi o tipo de K-pop que mais fez sucesso até hoje! Muitos grupos simplesmente decolaram depois de mudar seu conceito e outros só ficaram mais e mais famosos com a popularização das suas músicas! Por exemplo: SHINHWA!

Irmão “Loser” do TVXQ!, também da SM! ⇑ Esse grupo quase fez um mega sucesso, quase lá! :(

Esse grupo poderia ter feito um mega sucesso e estar ativo até hoje, mas infelizmente não foi assim que aconteceu…mais um grupo da SM que não durou muito, mesmo sendo famoso e lembrado até hoje! ⇑

Primeiro grupo feminino da YG ⇑

2006-2009

Quem nunca teve um celular assim?! Huehue

A partir de 2006 as coisas começaram a mudar aos poucos, os dois “tons” do K-Pop começaram a se misturar e houve também a “descoberta” do R&B e Hip-Hop pelas empresas de entretenimento que mais lucravam na época, porém, alguns grupos ainda mantiveram o estilo mais…bad boy e também é nessa época que o conceito fofo “bombou”!

Obs: O conceito “Pop” nessa época era tão forte, mas tão forte, que muitos clipes são tão cromados quanto a roda de um carro de luxo! huehue

Acho que já chega de clipes de estreia dessa época né?! kkk

2010-2015

Ook povo, vou ser sentimentalista agora!

Pra mim o K-Pop foi o que foi até 2015! De 2016 em diante mudou quase que completamente, não só em conceitos, mas também a maioria dos grupos e cantores que existiam deram disband ou sumiram, a maioria dos estilos musicais se tornaram qualquer coisa menos K-Pop, empresas de entretenimento faliram, a moda mudou drasticamente(não que isso seja ruim), enfim, o K-Pop não é mais o mesmo! Mesmo eu ainda gostando bastante e acompanhando até hoje grupos e cantores velhos e novos, é o que eu acho!

Foi nessa época que o conceito Pop e os clipes musicais em estúdios estouraram de vez! Sério, chegou uma época que começou a ficar meio ridículo! huehue

Em geral, não se teve um estilo e conceito único nesse período! Com exceção do conceito Pop exagerado e dos cabelos esquisitos, as músicas de K-pop eram bem diferentes umas das outras, diferente de hoje em dia…

Mas se tem uma coisa que eu preciso dizer, é o quanto essa época foi produtiva para os coreanos! A onda Hallyu montou em um foguete e foi lançada para bem longe nessa época, parando em tudo quanto é país!

Porque a Starship não leva mais a carreira deles a sério? Porqueeeeee?

SPICA é, na minha opinião, o terceiro melhor grupo feminino de K-Pop de todos os tempos! Enjoy! 

Esse clipe é quase um pré debut do Seventeen! Ashuashua

f(x) é, na minha opinião, o MELHOR grupo feminino de K-Pop de todos os tempos! f(♥)

Esse é o conceito original do BTS! Melhor estréia de 2013! :3

MAMAMOO é, na minha opinião, o segundo melhor grupo feminino de K-Pop de todos os tempos!

2016-até não sei quando você está lendo isso! huehue br

Aqui foi quando ocorreu a transição de conceitos forçada! Talvez consigam notar o quanto a transição do estilo “K-Pop” para A-Pop foi forçada! Não vou conseguir mostrar gradualmente como foi, mas se pararem pra reparar, vão ver que 2016 começou normalmente e de repente…KABOOOM! TACA-LHE MÚSICA AMERICANIZADA NA SUA CARA! “Taca-lhe pau nesse carrinho Marcos!” ashuashuashua

“Parem de respirar agora!”

“Agora já podem respirar!”

“Respirar? Respirar pra quê? Respirar não é detox!”

“Na verdade respirar é importante, então…”

 

Só pra deixar claro: Eu gosto bastante de algumas músicas meio “americanizadas” de hoje em dia! Só to pegando no no pé dos fãs mesmo! huehue

Bem, então é isso aí pessoal! Muito Obrigado por terem lido até aqui!

Obs: Antes que digam que ficou faltando falar de tal grupo ou tal pessoa, eu não esqueci! Se desse eu colocaria todos os grupos e cantores legais de K-Pop aqui! :3

Hum!!!

Lembrando que isso não é uma biografia do K-Pop e sim um resumão segundo a minha visão sobre a história do estilo!

 

 

Obrigadinho e até mais!

There are 15 comments

  1. Cândida

    Eu conheci o K-pop em 2014, mas eu me tornei tão fã daquele sentimento que o K-pop tinha antes desse ano que eu fico até mesmo decepcionada com alguns lançamentos 2016-2017. Sabe aquelas músicas que tu escuta os primeiros dez segundos e pensa “Isso sim é K-pop!”? Isso faz muita falta. Tá tudo ficando tão americanizado que o K-pop tradicional tá sendo ofuscado e também tá sendo deixado de lado pelas agências e pelos próprios kpoppers. Enfim, adorei teu artigo <3

    PS: Senti falta de "Abracadabra" na lista, viu? hahaha

  2. Choi Minho biased

    Muito bom o texto! E honestamente, como sinto falta do kpop de antes(Conheci o kpop com 2ne1 e Girls’ Generation em 2010, mas só em 2014 que comecei a gostar de verdade), e assim, o kpop de hoje me deixa muito decepcionada, é tanta apelação por conceito fofo e músicas com uns títulos que eu nem entendo, aegyo e pá (nada contra conceito fofo, eu gosto, mas atualmente acho SUPER FORÇADO). Queria tanto que a geração de Girls’ Generation, Super Junior, f(x), 2NE1, 4minute, T-ARA voltasse, apesar que hoje eu goste bastante de GFriend, KARD <3333333333, EXO, BTS, Red Velvet e alguns outros só uma música ou outra, porque hoje…

  3. Dri Sousa

    Aff… Sinceramente, respeito por se tratar de uma opinião e por perceber que quem fez essa matéria tem um viés por um estilo de música, mas seu Top 3 de Girl Band é bem fraquinho viu, sorry!!! Qualquer pessoa que tem o mínimo de conhecimento sabe que KPOP é dividido em duas épocas, antes do Girl’s Generation e após. Esse grupo é um ícone no KPOP, tipo é referência em tudo que faz, a SM pode ser uma empresa de merda (como todos sabemos), porém GG está em um nível que atualmente nenhuma banda chega… e digo mais, elas irão dar disband um dia, porque sabemos que tudo tem seu final, porém vai ficar algo marcado por gerações, onde dificilmente existirá um Girl Group dessa proporção.
    O que mais acho engraçado é que muitas pessoas que se dizem “entendidas” do assunto. ficam comparando grupos novatos com elas, pelo amor de Deus vamos parar com isso, porque sinceramente nem chegam perto do sucesso e do impacto que elas atingem atualmente. Daqui a uns meses elas voltam e aí vocês irão saber do que estou falando! Bjs de Luz…

    1. Gabriel Patrício

      Olha, não sei se você tem a memsa visão de K-Pop que a maioria das fãs internacionais tem…mas, por mais que Girls Generation seja um grupo super famoso e de qualidade, não foi e nunca vai ser o único que presta ou que marcou época! Mas ainda sim eu entendi sua opinião!
      Aaa, sobre o meu top 3…ele não é fraco não! kkk
      Gostar muito de um grupo não torna outro ruim! kkkk

  4. Paula Simão

    Não percebo a afirmação do autor ao dizer que o K-pop se tornou americanizado recentemente, ao ponto de já não se reconhecer o “verdadeiro” K-pop. Como se anteriormente a esta época o K-pop não fosse exatamente isso: o pop popular internacionalmente com um twist coreano. O próprio autor afirma isso nos anos 90, e depois de 2006 em diante:

    “Nessa época era moda na Coréia uma espécie de música eletrônica que “lembra” muito as músicas internacionais da época” (anos 90)

    “A partir de 2006 as coisas começaram a mudar aos poucos, os dois “tons” do K-Pop começaram a se misturar e houve também a “descoberta” do R&B e Hip-Hop pelas empresas de entretenimento que mais lucravam na época”

    Que eu saiba o R&B e o Hip Hop não são estilos tipicamente coreanos. Não é esse estilo que define o K-pop. O que define o K-pop é a adoção de estilos populares e explorados de forma única com referências e estilos adaptados à cultura coreana. As próprias boy bands e girl bands surgiram em força nos anos 80/90 nos EUA e só a partir daí também se observou o mesmo no K-pop. Quem é que não olha para aquele videoclipe das Swit-T e não vê uma espécie de Spice Girls. Até o próprio cenário dos TVXQ em “The Rising Sun” é um rip-off do cenário de Britney Spears em “Slave 4U”.

    O K-pop existe e sempre existiu como uma adaptação do que era popular “lá fora”, obviamente com músicas mais ou menos únicas, por vezes, mas nunca foi um estilo estático. Tal como o Pop em si não é um estilo estático. O Pop é o que é popular. É por essa razão que o Pop de hoje em dia é completamente diferente do Pop dos anos 90, o que obviamente leva o K-pop a ser completamente diferente de si próprio, nos anos 90.

    O K-pop de hoje acompanha as tendências da música Pop, tal como acompanhava nos anos 90. Se há algo que mudou foi a elaboração e profissionalidade dos grupos, que tem dado grandes passos, positivamente na minha opinião. Os videoclipes, finalmente, deixaram as “caixas de dança” e passaram a ter uma produção quase cinematográfica.

    As músicas são demasiado semelhantes entre si? Existe assim tanta diferença entre as músicas de R&B a partir de 2005, entre os próprios grupos coreanos? Eram tão semelhantes como são as músicas hoje em dia. Alguém confunde EXO com Big Bang? São estilos semelhantes, mas ao mesmo tempo bastante distintos.

    1. Gabriel Patrício

      Então Paula, acho eu você não entendeu! huehue
      Sim, obviamente o K-Pop sempre foi puxado para a música popular da época, seja nos anos 90 ou início dos 2000. Mas, a minha crítica é referente ao que o K-Pop virou depois dos anos 90! O K-Pop adquiriu uma identidade única, mesmo que muita coisa tivesse vindo do exterior, tinha sua própria forma de ser, de chamar a atenção, suas músicas eram todas do jeito mais “coreano de ser”, entendeu? :3
      Depois que começou essa internacionalização do K-Pop, esses ritmos, figurinos, conceitos e até mesmo os próprios artistas foram sendo deixados de lado, tanto que os clipes dentro da “caixa” foram sumindo aos poucos e hoje só as empresas grandes ainda mantem isso, com algumas exceções claro!
      A questão é, o K-Pop de 2011,2012,2013 e etc não é o mesmo de hoje! A transição foi como se do dia pra noite os grupos mudassem! Entendeu? Se não, sugiro ver os clipes desse post, se tivesse os visto teria entendido de primeira! :)

      1. Paula Simão

        Eu vi, de facto, os videoclipes. Por essa razão os citei no meu comentário. Temos é opiniões divergentes.

        O que disse na sua resposta, foi o que de facto entendi. No entanto, não concordo. Acho uma evolução natural, para responder ao mercado, como qualquer artista pop costuma fazer. Adapta-se ao mercado. Talvez por terem conseguido fazer isso tão bem nos últimos anos é que o K-pop se tem tornado tão conhecido. Começa a agradar aos fãs internacionais cada vez mais. Se se perde um pouco da influência coreana? Talvez um pouco de vez em quando, mas não me parece demasiado relevante. Não vejo em mais lado nenhum as coreografias e produções deste nível, além da Coreia do Sul. O que sempre foi o que definiu o K-pop na minha opinião.

        1. Alisson

          Concordo com a Paula. Conheço o K-pop desde 2010 e acompanhei essa mudança que me deixou um pouco triste, mas me restou aceitar. O K-pop, pra mim, evoluiu como qualquer outro estilo musical, como o Pop Americano que se compararmos clipes de 2010 pra cá notamos várias diferenças…Mas agora o K-pop está ganhando maior visibilidade e isso é ótimo! O K-pop mudou e alcançou um patamar que nunca foi alcançado antes. É natural que as coisas mudem, pois estamos em constante evolução e se não seguirmos com ela, ficamos para trás…

    2. Maia

      Parabéns, por conseguir expor seus pensamentos e opiniões de forma clara e com argumentos. Algo raro atualmente. E concordo, a adaptabilidade é algo vital em todos os setores. Principalmente na gestão da multimídia, que visa vender uma música, imagem, estilo, etc, para pessoas no mundo todo. Para isso, é necessário reformular, incorporar novas técnicas, estilos. Moda. Que significa uma maneira ou costume predominante em um determinado grupo em um determinado momento.
      Tudo muda, seus pensamentos, gostos, corpo, e tudo a sua volta, próximo ou não. Eram tempos bons? Sim. Mas mudaram. Não há como comparar nem a discografia de um grupo, não é algo uniforme ou estático. Acho que na arte como um todo, a vontade de explorar é fundamental, seja por novas áreas, técnicas, matériais…
      O que me entristece e ver tantos grupos que não tem divulgação e reconhecimento, devido há uma má gestão principalmente. O mercado do kpop está a cada ano mais saturado, e não há como se basear apenas no carinho dos fãs ou no talento dos idols. Há o valor, cifras. Afinal é um negócio para uns e uma paixão para outros, variando apenas o ponto de vista.

  5. wanessa

    ADOREI SEU POST, em comparação a vcs eu sou um bebê (em relaçao de conhecimento no mundo do kpop ) rs achei muito informativo, so conheci de VERDADE o kpop em 2016 então não conheço muito sobre os “classicos” rs to amando esse universo musical, mas enfim essas mudanças sempre vao acontecer né?! obg

  6. henry

    falou tudo, kpop hoje não é mais aquele kpop que me encantou em 2013, as melhores bandas acabaram e as pouquíssimas boas que ficaram (oi SNSD) estão em morte lenta, infelizmente !! as novas que surgem não me chamam atenção, é muita apelação para o estilo fofo e as musicas muito fracas, poucas são as que me agradam, hoje se requer muito mais tempo pra achar uma musica realmente boa dentre inúmeros grupos, é um tempo que talvez muitas pessoas não tenha como eu,ficar antenado no mundo kpop requer horrores do seu tempo, hoje a maioria da minha playlist-kpop é de musicas antigas raríssimas exceções são novas,

  7. Ana

    Acredito que com o sucesso internacional do K-pop, o gênero passou a se moldar mais ainda ao estilo ocidental, e aquela sua característica de ter aquele “tempero oriental”, por possuir influências do J-pop, vai se perdendo cada vez mais. Não sei se a longo prazo isso será realmente bom pro K-pop, só o tempo irá dizer. Mas por agora vejo tudo muito igual, se um gênero se destaca internacionalmente, os grupos quase todos vão usá-lo em seus singles como por exemplo, o estilo tropical latino que está em voga agora. Aí fica tudo muito genérico. Espero que essa fase passe logo.

Poste o seu comentário